Perto de marca pelo Palmeiras, Dudu celebra fase: ‘Mais maduro’

Dudu no Palmeiras Foto: Fabio Menotti / Ag. Palmeiras

O Palmeiras de Dudu é o líder do Brasileirão. E Dudu fará neste sábado (24), diante do Coritiba, no Allianz Parque, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o seu décimo jogo consecutivo como capitão do verdão. Coincidentemente, desde que o camisa 7 alviverde estreou como capitão, no dia 7 de agosto, pela 19ª rodada da competição, o Palmeiras não perdeu. O dono da braçadeira pede muita atenção para que o time não perca o foco e a dianteira, afirma em publicação do jornal Extra desta sexta-feira.

Leia mais:

“É uma marca bem legal. Ser o capitão do time é uma das maiores honras que já tive como profissional, ainda mais em um clube como o Palmeiras, que me identifico demais e tenho um enorme carinho pela torcida. Esse é um privilégio que muitos jogadores sonham realizar e não é fácil conseguir. Estamos há nove jogos sem perder e isso é bom, mas o campeonato está muito disputado e precisamos continuar com a mesma concentração. Sábado é um novo desafio e temos que ter muita atenção diante do Coritiba, que vem de uma vitória contra o Sport, fora de casa. Ano passado eles ganharam de nós no nosso estádio e precisamos entrar atentos para não sermos surpreendidos novamente”, disse.

Dudu apresenta números importantes neste Brasileirão pelo Palmeiras. O meia tem nove assistências e marcou quatro gols, além de estar a cinco jogos pendurado.

O camisa 7 frisou ao Extra, a sua boa fase como capitão depois de ter assumido a braçadeira pela primeira vez na carreira. O Palmeiras vinha de uma incômoda sequência de duas derrotas e um empate. Quando assumiu a braçadeira, o time venceu o Vitória por 2 a 1 e agora está a nove jogos sem perder. O time é o líder com 51 pontos e o capitão diz viver uma nova fase na carreira.

Eu aprendi com os erros do passado e hoje sou um cara muito mais maduro. Com o passar dos anos, a gente ganha experiência e tranquilidade. Para ser capitão, você não pode apenas receber a responsabilidade do treinador, também precisa conquistar o respeito de todo o grupo. Estou fazendo de tudo para ser um bom exemplo para os meus companheiros e agradeço pelo apoio de todos”, disse o capitão do Palmeiras à reportagem.



Sou apaixonado por esportes e política. Escrever é minha paixão. A vida é muito intensa para ser editada em palavras!