Petkovic revela que bebedeira ajudou a marcar gol histórico pelo Flamengo

Foto: Reprodução/ESPN

Um dos gols mais importantes da carreira de Dejan Petkovic foi um dos mais importantes para o Flamengo em 2001. Em cobrança perfeita de falta, o sérvio ajudava o rubro-negro a conquistar o tricampeonato carioca, e, um motivo inusitado colocou o jogador em campo.

LEIA MAIS

VÍDEO MOSTRA CONFUSÃO ENTRE TORCEDORES DO FLAMENGO E DELEGAÇÃO DO CRUZEIRO

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DA 27ª RODADA DA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO

NETO CRITICA “CHORADEIRA” DO FLUMINENSE E RELEMBRA CASO DO “TAPETÃO”

O rubro-negro vencia o Vasco na decisão do Carioca por 2 a 1 e precisava de fazer o terceiro para se sagrar campeão. A partida rumava para os minutos finais até acontecer uma falta para o sérvio cobrar. Com perfeição “Pet” colocou a bola nos fundos da rede e ajudou o time a conquistar o tricampeonato carioca. Antes da partida, pensava não jogar, mas um motivo muito inusitado colocou o jogador naquela partida.

Em entrevista dada ao programa Bola da Vez (ESPN), Petkovic contou que na noite antes da partida pensava em não jogar devido ao atraso de salários e que em um bar, após bebedeira, uma amigo flamenguista convencer o sérvio a jogar a final.

“O Flamengo estava devendo muito dinheiro. Para mim, eram oito meses de direito de imagens. Chegou sexta e não pagaram. Aí prometeram segunda-feira. Então, nem fui para a concentração. Aí eu e um amigo meu flamenguista ficamos horas e horas na pizzaria, tomando chopp. Ele me deixou bêbado, me convenceu de madrugada e me levou para a concentração.”

O jogador também revelou que Zagallo sofreu pressão para não coloca-lo em campo e que depois da consagração os salários foram todos pagos.

“No dia seguinte, no treino, o Zagallo me chamou. Expliquei para ele o que estava acontecendo e falei que queria jogar. Ele sofreu muita pressão para eu não jogar, porque já teriam como jogar a culpa em alguém se perdêssemos. Mas o Zagallo queria ganhar e usar, segundo ele, a melhor arma que tinha. Depois me pagaram.”

A entrevista foi dada ao programa Bola da Vez, do canal ESPN, que será transmitida na noite desta terça-feira, às 21:30 horas (horário de Brasília).