Punição! Justiça bloqueia bens de invasores do CT do São Paulo

Punição
Reprodução/Twitter

O Tribunal de Justiça de São Paulo decretou uma punição severa para os 12 torcedores que invadiram o CT do São Paulo, há exatamente um mês. Os vândalos terão os bens (contas e veículos) bloqueados, mas o “castigo” não para por aí.

LEIA MAIS:

VEJA O QUE MARCO AURÉLIO CUNHA DISSE SOBRE O TRABALHO DE RICARDO GOMES NO SÃO PAULO

PERMANÊNCIA DE RICARDO GOMES NO SÃO PAULO SEGUE SENDO DÚVIDA

Além do bloqueio bancário e dos automóveis, os 12 torcedores que agrediram jogadores e saquearam o CT do São Paulo terão de se apresentar à Polícia Militar duas horas antes dos jogos do clube. E ainda: os vândalos não poderão mais sair do estado paulista sem autorização judicial e também estão proibidos de andar por volta das dependências da instituição. Caso as ordens sejam descumpridas, será decretada prisão preventiva.

RELEMBRE O CASO

No dia 27 de agosto, pessoas das torcidas organizadas Independente e Dragões da Real fizeram uma espécie de mutirão e invadiram o CT do São Paulo durante um treino da equipe. Em vídeo, é possível ver um torcedor dando um tapa na cabeça de Wesley. Em outra filmagem, vários torcedores aparecem cercando os jogadores, os isolando em uma sala minúscula e obrigando os atletas a dar explicações sobre o momento ruim vivido pelo time.

Na ocasião, a Polícia Militar confirmou que os invasores roubaram bolas, camisas de treino e um galão de água. Dentre os 12 torcedores, está o presidente da Independente, Henrique Gomes de Lima, vulgo Baby, e o presidente da Dragões, André da Silva Azevedo.