PVC analisa: “Palmeiras de Cuca não é um time apenas de bola parada”

Santos x Atlético-GO: análise da imprensa
Crédito da foto: Reprodução Twitter oficial do PVC

No último final de semana, mais do que a vitória do Palmeiras sobre o Coritiba, por 2 a 1, e a manutenção da liderança isolado do Verdão no Campeonato Brasileiro, foi falado muito sobre a utilização das bolas paradas da equipe paulista para vencer seus jogos. Encarado como um futebol pobre de alternativas pelo comentarista Mauro César Pereira, da ESPN, o repertório de jogadas do time paulista foi, por outro lado, muito elogiado pelo jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, em sua coluna na “Folha de S. Paulo“.

LEIA MAIS:

MOISÉS “ENTREGA” BASTIDORES DA APRESENTAÇÃO DE MINA
MOISÉS FICA CONSTRANGIDO APÓS JOGADOR DO VERDÃO REVELAR SEU APELIDO
VERDÃO VENCE CONCORRÊNCIA COM VASCO E FLAMENGO E CONTRATA REVELAÇÃO CARIOCA

Para PVC, o técnico do Palmeiras chia, com razão, de ver seu time ser criticado por ter uma só jogada. “Cuca reclama de ser tachado de técnico de um estilo só. Não é. O Palmeiras gosta mais das roubadas de bola no campo de ataque do que dos cruzamentos. Gosta de pegar a defesa rival desprotegida e resolver rápido as jogadas“, escreve.

De acordo com o analista, o time alviverde encantou no primeiro turno, mas viu alguns jogadores caírem de rendimento e, por isso, passou a explorar mais e de forma efetiva as bolas paradas.

De lá para cá, algumas coisas mudaram. Gabriel Jesus foi jogar a Olimpíada e as eliminatórias, Róger Guedes caiu de produção, Cleiton Xavier nunca alcançou o nível que dele se espera. Como o Palmeiras também usa a bola parada, a liderança não foi ameaçada. Porque a equipe de Cuca tem repertório“, continua PVC.

Por fim, o jornalista prova sua teoria com números e exemplos. “O Palmeiras é apenas o 16º colocado em levantamentos para a área dos 20 clubes do Brasileirão. Cruza menos do que Flamengo e Atlético, rivais direitos pelo título. É mais justo ressaltar que Cuca trabalha detalhadamente para que as jogadas resultem em gols. Informa ao elenco onde o zagueiro adversário vai se posicionar e ensaia o lugar em que a bola vai chegar“, escreve o comentarista do Fox Sports.

Seja por cima, como nos gols dos zagueiros Mina e Vitor Hugo contra o São Paulo, ou por baixo, como na falta do gol de Mina contra o Coritiba, neste sábado (24)“, completa.

Por fim, PVC lembra que, em 2014, o Atlético de Madrid foi elogiadíssimo por ter a melhor bola parada do planeta e o Atlético-MG ganhou a Copa do Brasil elogiado por usar o arremesso lateral como jogada ensaiada.

O Palmeiras está invicto há dez partidas do Brasileirão e neste período fez cinco clássicos. Conseguiu 14 pontos dos últimos 18 disputados e existe uma razão para isso. Mestre Cuca tem cardápio. Não um único prato“, finaliza.