Relembre 5 jogos inesquecíveis entre Flamengo x Cruzeiro no Brasileirão

Foto: André Portugal / VIPCOMM

Tem briga pela libertadores,pelo rebaixamento,goleadas e polêmica,tenha um esquenta para o confronto de Flamengo x Cruzeiro relembrando grandes jogos entre os dois.

9ª rodada Brasileirão de 2014 : Cruzeiro 3×0 Flamengo

O Cruzeiro era líder e fez o que quis na partida, aproveitando do Flamengo desorganizado na defesa. As roubadas de bola nas  saídas de jogo da defesa do Flamengo  terminaram em dois gols seguidos, aos 16 e 18 minutos, num momento em que o Flamengo até tentava crescer na partida. Alecsandro errou  e a jogada  terminou com Éverton Ribeiro tocando de cabeça para Ricardo Goulart fazer o gol.

No segundo gol, o volante Henrique, roubou uma bola e entregou para Éverton Ribeiro para bater de canhota para as redes, mais um gol. Em nova  troca de passes, Ricardo Goulart recebeu do lado esquerdo da área e finalizou. Paulo Victor deu o rebote para Borges completar e fazer o terceiro, bem aos 45 minutos.

No segundo tempo, Ney Franco tentou melhorar a equipe rubro-negra,mas foi ataque do Cruzeiro contra a defesa rubro negro que conseguiu segurar para não tomar mais.

36ª rodada  do Campeonato Brasileiro 2008:Cruzeiro 3 x 2 Flamengo

Em um jogo válido para classificação para a libertadores, o Cruzeiro venceu o Flamengo por 3 a 2 com gols de   Ramires,Thiago Ribeiro e Fernandinho para a Raposa e Ibson e Obina para o Mengão. Mas nos minutos finais Tardelli foi derrubado na área por Léo Fortunato, mas o árbitro Simon ignorou.Com a reclamação o atacante foi expulso, assim como o zagueiro capitão Fábio Luciano.

O jogo foi emocionante aos 33 minutos Fernandinho abriu o placar, aos 9 Ibson empatou de cabeça, mas aos dezenove Thiago Ribeiro acertou o ângulo e fez 2 a 1.E aos 25 Obina girou em cima do zagueiro Léo e balançou as redes. Aos 39 ,Ramires recebeu na marca do pênalti e deu números finais a partida.

33ª rodada Brasileirão 2011 Flamengo 5 x 1 Cruzeiro

O Flamengo começou atacando muita, mas numa cobrança de escanteio, escorada em Farias,  Anselmo  Ramos abriu para o Cruzeiro. Flamengo fez pênalti aos 28,mas Victorino acertou no travessão e errou. Isso inflamou  o Flamengo e Deivid empatou com um lindo chute de fora da área.

Ele também fez um de cabeça em cobrança de escanteio de Ronaldinho aos 3 minutos do segundo tempo. Neste tempo o volante  Muralha brilhou com duas assistências para Thiago Neves marca o 3º E 4º gol do Mengão. Ele também fez o sexto com uma bola recuada para  Fábio que  chutou em cima do camisa 7. Com calma e talento, Thiago encobriu o goleiro com um toque lindo. Golaço e torcida aos pulos: 5 a 1.

.

 28º rodada do Brasileirão de 2014: Cruzeiro 0 x 3 Flamengo.

O Cruzeiro finalizou mais e teve mais posse de bola, mas nada adiantou. Em um erro de Egídio, Alecsandro recebeu e cruzou na área e Dedé se antecipou e marcou contra para o Flamengo. Isso estimulou o time que jogava no contragolpe. No segundo tempo Manoel recuou para Fábio que não chegou na bola antes de Canteros. O meia roubou a bola e fez 2 a 0. Aos 17 minutos , Manoel  errou novamente,  assim Alecsandro puxou o  contragolpe e cruzou na medida para Gabriel decretar o placar final. 3 a 0 para o Rubro negro no Mineirão.

Última rodada Brasileirão 2005 : Flamengo 6 x 2 Cruzeiro.

Talvez o jogo mais emocionante da história do confronto foi esse, o Flamengo precisava vencer para ficar na série A

Flamengo errou as 2 e Cruzeiro com reserva errou um gola aos 9.A Raposa dominou até os 27 minutos, quando o Flamengo abriu o placar com   o zagueiro André Bahia. Aos 33, Ibson recebeu de Felipe e empurrou para as redes.E na senquencia Whelliton fez o terceiro.

Aos 37, Fred recebeu cruzamento da esquerda e, no meio de zagueiros, diminuiu. Mas aos 42, Felipe bateu escanteio e novamente André Bahia apareceu para desviar para o gol.  E Tápia recebeu, dominou e fez o segundo do Cruzeiro.
Aos 31min. Athirson cobrou falta com violência da intermediária e acertou o canto de Doni. Felipe AOS 46  driblou um defensor e, de fora da área, encobriu Doni com categoria e marcou o sexto gol rubro-negro.

 

Aos 46min, porém, houve tempo para um lance mágico de Felipe. O camisa 10 driblou um defensor e, de fora da área, encobriu Doni com categoria e marcando o sexto gol rubro-negro.

Fonte:Globo esporte e futpédia