Renato Gaúcho explica estilo ‘defensivo’ do Grêmio e elogia Henrique Almeida

Renato
Foto: Reprodução/ Youtube

O Grêmio venceu a Chapecoense por 1 a 0 neste domingo (25) e encerrou a sequência de resultados negativos nos últimos jogos, além de marcar a primeira vitória do time sobre o comando de Renato Gaúcho. O técnico defendeu o estilo de jogo da equipe que teve menos posse de bola, além de esperar pelo ataque do adversário, diferentemente do futebol apresentado quando o treinador era Roger Machado.

LEIA MAIS

GRÊMIO x CHAPECOENSE: VEJA OS GOLS

BRASILEIRÃO SÉRIE A: CONFIRA OS RESULTADOS ATUALIZADOS DA 27ª RODADA

“Depende muito do jogo, o mais importante de tudo são os três pontos. O Barcelona, às vezes, tem 70% ou 75% de posse de bola e não ganha o jogo. Foi dividido porque nos impusemos. O adversário é bem montado, não dá espaço, queriam o contra-ataque”, explicou.

“Eu gostei, gostei do espírito de luta. Tiramos um peso dos ombros, fazia alguns jogos que não ganhava, que o ataque não marcava, e conseguimos as duas coisas hoje. Um jogo duro e difícil. Com atacante marcando. Vai dar tranquilidade e mais confiança”, completou em entrevista coletiva.

Renato Gaúcho ainda defendeu o atacante Henrique Almeida que não fez bom jogo no meio de semana, contra o Atlético-PR, pela Copa do Brasil, mas foi titular na partida deste domingo.

“Eu gostei dele, gostei porque talvez tecnicamente ele não esteve tão bem, mas lutou o tempo todo. Ele e o único jogador de área que nós temos, então o que eu quero é isso. Se não estiver bem tecnicamente ele não pode parar de brigar e lutar pelos companheiros e isso ele fez e fez muito bem, só tirei ele porque estava cansado”, afirmou.