Renato Gaúcho: “Nossa melhor atuação foi contra o melhor time do Brasil”

Roger
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Para ressaltar a atuação dos seus comandados na noite desta quarta-feira, Renato Gaúcho tratou de tecer elogios ao Palmeiras, rival derrotado por 2×1 na Arena. Na abertura da série de quartas de final da Copa do Brasil, o Grêmio largou melhor e venceu por 2×1, com gols de Ramiro e Pedro Rocha. Zé Roberto, de pênalti, descontou para os paulistas ainda no início do segundo tempo.

LEIA MAIS:

VÍDEO: Seijas desabafa sobre o momento do Inter: “Está uma m…”

Para Renato, essa partida representou a melhor atuação do Grêmio desde que ele voltou ao clube. Antes disso, o técnico havia trabalhado na classificação nos pênaltis na Copa do Brasil sobre o Atlético-PR e na vitória por 1×0 sobre a Chapecoense, domingo passado, pelo Brasileirão.

“Temos que enaltecer nossos jogadores. Ganhamos, vamos para São Paulo com a vantagem. Enfrentamos o Palmeiras, não era qualquer equipe. Se terminasse 3 a 1, seria mais justo pelo que aconteceu. Estou contente com a minha equipe. Conversei muito ontem, tudo que combinamos na parte tática os jogadores cumpriram. Temos que enaltecer o que o Grêmio está jogando”, disse, em entrevista coletiva.

“Uma equipe por melhor que ela jogue, pode melhorar ainda mais. Não pode falar que chegamos ao limite. Fico com as mãos atadas por não ter tempo para trabalhar. Vi uma melhora a cada jogo. Não terei tempo até o final do ano, mas a equipe vem subindo de produção e reencontrou as vitórias. Isso dá confiança. Na minha opinião, foi a melhor atuação sob o meu comando. Teve evolução. A melhor atuação do Grêmio foi contra a melhor equipe do Brasil”, completou.

Pela Copa do Brasil, as duas equipes só voltam suas atenções no dia 19 de outubro, quando ocorre o jogo de volta na casa do Palmeiras. Agora, tudo volta a ser Brasileirão. No próximo sábado, o Grêmio encara o desesperado Cruzeiro em Minas Gerais. Já o Palmeiras defende a liderança contra o Santa Cruz, fora de casa, na segunda-feira.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.