Segundo jornal, Manchester City mostra interesse em mercado chinês

Créditos da foto: Reprodução/ Facebook oficial do Manchester City

Os donos do Manchester City estão prontos para mais uma empreitada no mundo do futebol. De acordo com o jornal espanhol Sport, os dirigentes do clube inglês miram a China como um novo mercado a ser explorado, e a compra de um clube local passa por este objetivo.

LEIA MAIS

PAIXÃO PELO MENGÃO! TORCEDOR CHORA AO ENCONTRAR ELENCO RUBRO-NEGRO

BRASIL É O PAÍS QUE TEM MAIS TIMES QUE NUNCA FORAM REBAIXADOS; VEJA

JOGADOR DO BORUSSIA PREVÊ SUCESSO DE AUBAMEYANG NO REAL MADRID

Segundo a publicação, a intenção da diretoria dos Citizens é de tornar um dos clubes do país uma espécie de ‘filial’ da equipe inglesa. Duas cidades, Pequim e Xangai, teriam o interesse do grupo liderado por Mansour bin Zayed Al Nahyam, com tratativas para a aquisição de clubes locais já iniciadas.

A compra de um time na china seria a segunda aventura dos donos do Manchester City em solo asiático. Em 2014, cerca de 20% do Yokohama Marinos, um dos times mais tradicionais do futebol japonês, foi adquirido pelo grupo que controla a equipe.

Além do Japão e, possivelmente da China, os Estados Unidos (através do New York City FC) e a Oceania (Melbourne City) também tem ligação com o City Football Group. Apenas a América Latina e a África não possuem ainda investimentos da organização em seus clubes de futebol.

(Crédito da foto: Reprodução/ Facebook oficial do Manchester City)