Sem poder contar com Marcelo, Tite chama ex-gremista para a lateral

Marcelo
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A CBF confirmou na tarde desta segunda-feira o corte do lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, para as duas próximas partidas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2018. A seleção brasileira voltará a campo nos dias 06 e 11 de outubro, contra a Bolívia (em Natal) e contra a Venezuela (em Mérida). Para o lugar dele, Tite chamou Wendell, do Bayer Leverkusen, da Alemanha, que foi jogador do Grêmio entre 2013 e 2014.

LEIA MAIS:

Grêmio pega rivais do Inter na briga contra o Z4 nas próximas rodadas

Que fase! Inter completa um turno inteiro com apenas uma vitória

Marcelo acabou cortado devido a uma lesão muscular na panturrilha direita sofrida durante o empate em 1×1 do Real Madrid contra o Villareal, na semana passada. Inicialmente, havia uma perspectiva de que ele pudesse se recuperar e estar com a seleção na nova rodada das Eliminatórias, mas a CBF confirmou o corte nesta segunda via site oficial.

Wendell chegou ao Grêmio na metade de 2013 em contratação junto ao Londrina, do Paraná, que detinha o seu passe. A estreia do lateral foi em uma vitória gremista sobre o Náutico por 2×0, fora de casa, no segundo turno do Brasileirão daquele ano. Em fevereiro de 2014, a diretoria gaúcha acertou a venda do lateral ao Leverkusen, da Alemanha, mas ele permaneceu até o final da campanha na Libertadores – o Grêmio seria eliminado nos pênaltis para o San Lorenzo nas oitavas de final.

Além de Marcelo, Tite ganhou outro problema que foi a lesão do volante Casemiro, titular nos jogos contra Equador e Colômbia. Ele teve uma fissura no terço médio do perônio da perna esquerda em um jogo contra o Espanyol e também foi cortado. Para o seu lugar, foi chamado Rafael Carioca, do Atlético-MG, que curiosamente também foi jogador do Grêmio.

Antes dos problemas com os “madrilenhos”, Tite já havia perdido Douglas Costa, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita. Para o seu lugar, foi chamado Taison, que esteve na primeira lista do novo treinador. O Brasil é o 2° colocado na tabela das Eliminatórias, com 15 pontos.

Em 2016, o Brasil ainda fará mais quatro jogos pelas Eliminatórias. No dia 6 de outubro, encara a Bolívia na Arena das Dunas, em Natal, e no dia 11 sai para jogar contra a Venezuela. Depois, no dia 11 de novembro, recebe a Argentina e encerra as participações na temporada contra o Peru, fora de casa.

 

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.