Sorteio define Corinthians x Cruzeiro na Copa do Brasil; relembre jogos importantes entre as equipes

cruzeiro x corinthians
Foto: Divulgação/Site Oficial Corinthians

Na manhã desta sexta-feira (23), a Confederação Brasileira de Futebol definiu os confrontos das quartas-de-finais da Copa do Brasil. Um deles é Corinthians x Cruzeiro.

LEIA MAIS:
4 lições que o time do Corinthians tirou do jogo contra o Fluminense

O jogo de ida será em São Paulo, e o da volta, em Minas Gerais. O duelo pela próxima fase da Copa do Brasil tem tudo para ter dois grandes jogos, o que não seria novidade no confronto entre o alvinegro paulista e a equipe mineira.

Por isso, o Torcedores.com separou algumas partidas históricas entre os times para relembrar os torcedores:

Corinthians 2 x 0 Cruzeiro – Final do Campeonato Brasileiro 1998: os três jogos que valeram o título do Campeonato Brasileiro naquele ano foram muito bons. O primeiro foi disputado no Mineirão, e o Timão conseguiu empatar com o grande time do Cruzeiro por 2 a 2. No segundo jogo, a equipe celeste também garantiu o empate fora de casa. O terceiro foi no Morumbi, e o vencedor saía com o título. Com 57 mil pessoas, também no Morumbi, o alvinegro se saiu melhor, e com gols de Edílson e Marcelinho Carioca, se consagrou campeão.
Confira os lances da última partida:

Cruzeiro 3 x 1 Corinthians – Copa do Brasil 1998: se no Campeonato Brasileiro daquele ano quem se deu melhor foi o time paulista, pela Copa do Brasil, o Cruzeiro foi quem passou para as quartas-de-finais. Após uma grande vitória em Minas Gerais por 3 a 1,gols de Bentinho, Marcelo e e Elivélton, a equipe celeste só precisou empatar em São Paulo para garantir a classificação para as quartas-de-finais da competição.

Corinthians 1 x 0 Cruzeiro – Campeonato Brasileiro 2010: com certeza, o Corinthians x Cruzeiro mais polêmico. As duas equipes brigavam pela ponta da tabela na ocasião, e à quatro rodadas do fim da competição, mediram forças no Pacaembu. Com um pênalti bastante discutível que o árbitro marcou do zagueiro Gil em Ronaldo, o fenômeno bateu e garantiu a vitória por 1 a 0 e a liderança provisória do alvinegro.