Stock Car volta a Londrina com corrida disputadíssima, e Felipe Fraga segue líder.

Foto: Divulgação/Vicar

O autódromo internacional Ayrton Senna em Londrina no Paraná, teve um final de semana disputadíssimo, divido entre as corridas 1 e 2, sem receber a categoria desde 2012 e tendo alguns pilotos ainda inexperiente nessa pista, a etapa foi de encher os olhos dos apaixonados por automobilismo.

A corrida que aconteceu neste domingo (25), já se inicia com um acidente, envolvendo os pilotos Lucas Foresti, Rafael Suzuki e Julio Campos. Cacá consegue ultrapassar Max Wilson, porém a corrida estava em bandeira amarela devido o acidente e ele teve de devolver a posição á Max, mas essa seria só a primeira vez que eles iriam trocar posições…

Ainda com o carro de segurança na pista, Ricardo Zonta recolhe para o Box e desiste da corrida.  Já na volta de número 6 Felipe Fraga toma a posição de Cacá Bueno, uma volta depois ele dá o troco. Gabriel Casagrande em um final de semana de azar vai para os boxes.

Já na oitava volta acontece uma ultrapassagem espetacular, Fraga e seu carro 88 passam entre Cacá e Max fazendo uma ultrapassagem dupla e conquistando a primeira posição.

Todos começam a colocar em pratica suas estratégias, na volta de número 11 Átila Abreu vai para os boxes abastecer pensando na corrida de número 2, logo em seguida Tuka Rocha  e Bia Figueiredo fazem o mesmo.

Na 17ª volta começa uma disputa acirrada, mas não pela ponta, Khodair força ultrapassagem em cima de Diego Nunes, e na volta seguinte Barrichello ultrapassa Nunes e Thiago Camilo ao mesmo tempo.

O líder da prova que até o momento era Felipe Fraga, que começa a ver em seu retrovisor o carro 65 de Max se aproximando.

Quase no final da corrida, já na volta de número 27 o destaque vai para Raphael Abbate, que largou na 25ª posição e a estava ocupando a 10ª posição.

Corridas são mesmo uma caixinha de surpresas, ainda mais quando o assunto é a  Stock Car, á 1 min do final da prova, Max Wilson recolhe seu carro para o box com um pneu furado e é obrigado a abrir mão do pódio.

Bandeira quadriculada para Felipe Fraga (Cimed Racing) que ficou com o lugar mais alto do pódio na corrida 1 em Londrina. O segundo melhor foi Valdeno Brito (TMG Racing) e fechando o pódio ficou Ricardo Mauricio, da Eurofarma-RC. E Fraga segue líder do campeonato, agora com 196 pontos.

Confira abaixo a classificação completa da prova.

1-) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 36 voltas em 46min18s116 (média de 142,5km/h)
2-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – a 1s995
3-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 2s824
4-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 3s604
5-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – a 15s511
6-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 18s953
7-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 22s119
8- ) 70 Diego Nunes (União Química Racing) – a 23s609
9-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 34s083
10-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – a 40s006
11-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 41s092
12-) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – a 41s763
13-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 52s238
14-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 53s733
15-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 55s096
16-) 25 Tuka Rocha (RZ Motorsport) – 1min06s063
17-) 9 Guga Lima (TMG Racing) – a 1min07s185
18-) 56 Danilo Dirani (RZ Motorsport) – a 1min12s126
19-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 1 volta
20-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 1 volta
21-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 2 voltas
22-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 3 voltas
23-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 9 voltas
NÃO COMPLETARAM
24-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 12 voltas
25-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – a 23 voltas
26-) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – a 28 voltas
27-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 30 voltas
28-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – a 31 voltas
29-) 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – a 35 voltas
Melhor volta: Marcos Gomes, 1min12s290 (142,5 km/h)