Treinador de rival de Cyborg abre discussão sobre peso da lutadora

Reprodução/Instagram

A briga de Cris Cyborg contra a balança para poder enfrentar Lina Lansberg no último sábado (24) pelo UFC Brasília foi vista e até documentada. E o treinador da sua rival no último final de semana, Akira Corassani, também resolveu dar seu pitaco, com uma revelação sobre momentos antes do combate.

LEIA MAIS

UFC SÃO PAULO COMEÇA A GANHAR CORPO. CONFIRA AS LUTAS CONFIRMADAS!

Em seu perfil no Instagram, Corassani, que também lutou no Ultimate afirmou que a brasileira disse a sueca antes da luta entre ambas que estava pesando 77kg (170 libras) contra os 64kg que estava no dia anterior, quando ocorreu a cerimônia da pesagem.

“Lina conversou com a Cyborg, que lhe revelou que estava pesando 77kg, ou seja, duas faixas de peso a mais e ainda por cima com todas as habilidades que ela tem. Como você pode encarar isso na estreia? Eu sei que ela (Lansberg) vai voltar e mostrar do que é feita, mas é admirável ver que ela aceitou a luta. Lutadores deveriam se perguntar mais sobre isso”, escreveu o sueco.

“É zero desculpa e pura admiração por Lina, mas a verdade é que Cyborg era a melhor lutadora. Forte demais, tem uma força que pode botar para dormir qualquer homem ou mulher. Foi uma loucura essa preparação, dar cem entrevistas e ainda vir para o Brasil para eventos promocionais. Fizemos tudo isso, mas tivemos que enfrentar o ‘chefão’ sem poder usar uma outra moeda”, finalizou.

“Everybody has a plan before they get hit” Acceptance: With zero excuses and pure admiration for @linalansberg the obvious conclusion is… Cyborg is just a better fighter, too strong, too heavy possesses power that can put any woman or man to sleep. To accept that as a team is very hard trying to figure out what we could’ve done differently. We turned every stone in this weird and crazy camp doing over 100 interviews along with one month before the fight traveling to Brazil for a two day promo shoot. We did what we had to do but we fought the last boss with no “insert coin” option! The home country crowd wanted Lina dead covering Tag team’s song “Whoomp there it is” as she was walking in smiling! To make a long story longer… Lina had a chat with Cyborg where she mentioned that she walked into the cage at 170 lbs (77 kg). Now that means TWO weight classes up along with that additional skill level. What can be harder than doing all of this in your UFC debut!? I know she will be back and show what she is about but what she did taking this fight believing in herself is admirable! Fighters should ask themselves if they would do it? Forget about the average joe getting anxiety and jitters from singing at a half-empty karaoke bar! I am Linas biggest fan and I will make sure she bounces back! I wanna thank the REAL fans for their support and all the friends and family supporting her through this. She will be back! #TheWomanInTheArena

Uma foto publicada por Akira Corassani (@akiracorassani) em

As declarações de Corassani sobre o peso de Cyborg chegaram a lutadora, que se limitou a uma curta postagem no Twitter para desmentir as declarações do sueco,

“Eu não pesava 77kg!”, escreveu a paranaense.

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram)