Três motivos para acreditar que o Grêmio vencerá o Palmeiras

Grêmio
Foto: Rodrigo Rodrigues/Grêmio FBPA

Um novo Grêmio enfrentará o Palmeiras nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A volta de Renato Gaúcho ao comando do clube trouxe novamente a confiança e a naturalidade ao grupo de jogadores. Primeiro, uma classificação importante nos pênaltis sobre o Atlético-PR. Depois, uma boa vitória sobre a Chapecoense no Brasileirão. Veja três motivos para acreditar que o Grêmio vencerá o Palmeiras:

LEIA MAIS:

Grêmio pega rivais do Inter na briga contra o Z4 nas próximas rodadas

Que fase! Inter completa um turno inteiro com apenas uma vitória

Diretor do Inter sofre ameaça em Porto Alegre: “Sem B ou morte”

Time mais eficiente

Se Roger Machado priorizava um time com posse de bola, Renato prega a eficiência. Contra a Chapecoense, em diferentes momentos do jogo, foi possível ver um Grêmio até certo ponto recuado, se defendendo com força e saindo para os contragolpes. Nesta mesma partida, a defesa parou de levar gols e voltou a apresentar consistência, o que será fundamental para segurar o Palmeiras e sair sem ser vazado no jogo de ida.

Fator Arena

Com promoção de ingressos, o Grêmio fatalmente terá uma Arena cheia para o embate contra os paulistas, que são os líderes do Brasileirão. Em casa, a equipe gaúcha costuma se impor diante dos rivais de grande porte do futebol brasileiro – todos eles, ao menos uma vez, já foram derrotados pelo Grêmio em sua Arena, inaugurada em dezembro de 2012. O Palmeiras, por exemplo, ainda não sentiu o gostinho de vencer na Arena.

Palmeiras e o Brasileirão

Depois de 22 anos, o Palmeiras vê com clareza a possibilidade de reconquistar o título do Brasileirão. Além de ser o líder do campeonato, o time de Cuca tem o melhor ataque e a segunda melhor defesa. Mesmo que entre com o time titular na Arena, para a Copa do Brasil, o Porco deverá ter dificuldades de esquecer da boa situação no nacional. O Grêmio pode e deve tirar proveito disso.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.