UFC 205: Dana diz que McGregor terá de abrir mão de cinturão se vencer Alvarez

Crédito da foto: Reprodução/Facebook/Conor McGregor
Crédito da foto: Reprodução/Facebook/Conor McGregor

Conor McGregor enfim conquistou o que queria e lutará em um dos eventos mais esperados do ano, o UFC 205, em novembro, para tentar a conquista de mais um título diante do campeão dos leves da organização, Eddie Alvarez. Mas o irlandês deve pagar um preço por isso e este pode ser abdicar de um dos títulos que poderá ter em mãos ao sair do Madison Square Garden.

LEIA MAIS

RELEMBRE 15 CLÁSSICOS DOS GAMES DE FUTEBOL; O N° 11 DUVIDO QUE NÃO JOGAVA

CHEFÃO DO UFC DIZ QUE RONDA TEM INTERESSE EM ENFRENTAR CYBORG

DANA WHITE CRITICA ATITUDE DE ROY NELSON COM JUIZ NO UFC BRASÍLIA

O aviso foi dado pelo presidente do UFC, Dana White, em entrevista a ESPN dos Estados Unidos que o campeão dos penas do Ultimate terá de abrir mão de um de seus cinturões caso vença Alvarez em Nova York. Sobre qual título deverá ser deixado vago, o chefão da principal organização de MMA do mundo deixou em aberto.

“Esta luta está chegando e ele (McGregor) vai tentar conquistar os dois cinturões, mas ele vai ter que desistir de um de seus títulos depois dessa luta. É o que vamos ver”, declarou White.

O título dos penas, conquistado pelo irlandês em cima do brasileiro José Aldo no UFC 194, possivelmente é o ‘favorito’  a ser abdicado em caso de conquista do cinturão dos leves. Desde que bateu Aldo, o ‘Notorious’ não defendeu sua conquista, preferindo lutar em outras categorias (suas duas lutas contra Nate Diaz foram entre os meio-médios).

Mesmo se tiver que abrir mão de um dos cinturões, McGregor terá feito algo histórico caso vença Eddie Alvarez em novembro: ser o primeiro lutador do UFC a ter dois títulos de duas categorias diferentes.

(Crédito da foto: Facebook / Conor McGregor)