Veja 5 motivos que tornam Grêmio x Palmeiras o melhor duelo das quartas da CB

Palmeiras
César Greco / Ag. Palmeiras

Grêmio e Palmeiras iniciam nesta quarta-feira, a partir das 21h45, na Arena, o duelo de quartas de final da Copa do Brasil. Embora lidere o Brasileirão e se aproxime de um título que não vem desde 1994, o Porco não parece disposto a abrir mão do torneio mata-mata, e vai com o que tem de melhor para cima do time gaúcho.

 

Este, por sua vez, vê na CB a melhor chance de chegar à Libertadores do ano que vem, visto o atraso e a recente queda no Brasileirão, com cinco pontos o separando do G4. Através de cinco motivos, explicamos abaixo o porquê desse confronto ser o melhor entre os quatro da Copa do Brasil. Confira:

SETE TÍTULOS ENVOLVIDOS

O confronto entre Grêmio x Palmeiras tem a tradição enraizada em sua história. Somando as duas equipes, são sete títulos de Copa do Brasil envolvidos no embate que se inicia nesta quarta-feira. Ao lado do Cruzeiro, o Grêmio é o maior campeão do torneio com quatro títulos, obtidos em 1989, 1994, 1997 e 2001. O Palmeiras não fica muito atrás e responde com três conquistas: 1998, 2012 e 2015 – sendo o atual campeão. A história mostra que as duas equipes sabem o “atalho” da competição e quem vencer sai com força rumo a mais um título.

TREINADORES CASCUDOS

Ao mesmo tempo, vai ser bastante interessante acompanhar o duelo nas casamatas. Até hoje, os dois maiores títulos de Renato Gaúcho e Cuca como treinadores foram em competições de mata-mata. Renato, atual comandante gremista, venceu a própria Copa do Brasil em 2007 no comando do Fluminense. Cuca, por outro lado, levou o Atlético-MG à conquista da Libertadores de 2013, em uma campanha recheada de emoção. Tanto na parte tática quanto na área motivacional, o embate entre os treinadores de Grêmio x Palmeiras promete e muito.

A “VOLTA” DA DÉCADA DE 90

Grêmio x Palmeiras se acostumaram a medir forças ao longo da década de 90, quando se habituaram a levantar taças nas mais variadas competições. Não raro, se enfrentavam: somente pela Copa do Brasil, foram três confrontos – dois deles vencidos pelo Grêmio em 1993 e 1995; o Palmeiras respondeu em 1996. Vale citar também o emocionante encontro nas quartas de final da Libertadores de 1995, em que o Grêmio passou ao vencer o primeiro jogo por 5×0 e perder o segundo por 5×1.

FIM DO JEJUM?

A fila cresce a cada ano e os gremistas estão saturados das provocações dos rivais pela falta de um grande título. Desde 2001, quando venceu a própria Copa do Brasil diante do Corinthians, no Morumbi, o clube carece de uma conquista de maior porte. De lá para cá, foram três estaduais e uma Série B. Esse ingrediente obriga o Grêmio a entrar revigorado e determinado neste confronto diante do Palmeiras, que não vive uma fila tão longínqua como o adversário.

LUAN x GABRIEL JESUS

Nas Olimpíadas foram parceiros e ajudaram o Brasil a conquistar a inédita medalha de ouro. Agora, serão adversários. Luan e Gabriel Jesus, duas das principais revelações do futebol brasileiro na atualidade, serão atrações à parte no empolgante duelo entre Grêmio x Palmeiras.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.