Vice-presidente do São Paulo entrega o cargo após divergências com Leco

São Paulo
Crédito da foto: Reprodução

A noite de terça-feira (27) para o São Paulo se encerrou com uma grande mudança no comando do clube. Roberto Natel entregou o cargo de vice-presidente geral após comum acordo com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva. De acordo com Globoesporte.com e Lance!, o motivo da saída é devido a divergências com Leco.

LEIA MAIS
NO ANIVERSÁRIO DO MORUMBI, HÁ EXPECTATIVA DE CASA CHEIA PARA SÃO PAULO X FLAMENGO
MICHEL É DESTAQUE EM TREINO DO SÃO PAULO; CHÁVEZ TEVE PROBLEMAS
PUNIÇÃO! JUSTIÇA BLOQUEIA BENS DE INVASORES DO CT DO SÃO PAULO

As publicações destacam que a relação de ambos não era mais a mesma depois de algumas mudanças impostas por Leco. Os bastidores do time do Morumbi já anda pesado com o mal momento no Brasileirão e o distanciamento dificultava o diálogo.

Segundo o Globoesporte, a rixa mais recente foi a contratação de Marco Aurélio Cunha, no início de setembro, para assumir a função de diretor executivo de futebol no lugar de Gustavo Vieira de Oliveira.

Com mandato até abril de 2017, Leco é visto como carta fora do baralho para seguir na presidência e Roberto ganha forças em meio aos conselheiros. No cargo de vice-presidente desde 2014, Natel tem sobrenome forte e atuação política de destaque no clube. Filho de Laert Natel e sobrinho-neto de Laudo Natel, presidente responsável pela construção do Morumbi em 1958.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.