3 lições que ficaram óbvias na última partida do Vasco

O Vasco da Gama venceu o Londrina na noite deste sábado (08), na Arena Amazônia, em Manuas, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Voltando a conquistar 3 pontos em uma mesma partida após 2 derrotas seguidas, o Gigante da Colina não conseguiu recuperar a liderança da competição.

LEIA MAIS:
5 VEZES QUE EDMUNDO MOSTROU SEU AMOR PELO VASCO NA WEB
VEJA OS MEMES DA VITÓRIA DO VASCO SOBRE O FLAMENGO
EDU DRACENA FALA SOBRE PRÓXIMO JOGO DO PALMEIRAS: “DIFÍCIL”
JOGADOR DO VASCO SOBRE VENCER O FLAMENGO: “QUEREMOS MAIS”
FELIPE MELO REBATE CRÍTICAS: “ESTOU C… E ANDANDO. NÃO SOU VIOLENTO”
VÍDEO: CRISTIANO RONALDO VIRA GANDULA EM JOGO DO FILHO; CONFIRA

Jogando mal, o Cruzmaltino se deu por muito satisfeito com a vitória, mas a atuação da equipe preocupou.  No entanto, algumas lições ficaram óbvias no duelo de ontem e Torcedores.com separou 3 delas:

  • Jorge Henrique não tem mais espaço no time titular: Com um ataque formado por Éderson e Thalles, o Vasco não demonstrou um grande poder de ataque, contudo, a movimentação dos homens de frente foi melhor do que a do time quando Jorge Henrique está em campo, o que mostra que Jorginho acertou ao deixá-lo no banco de reservas;
  • Alan é o titular da lateral-esquerda: Ainda jovem, o garoto mostra muito mais qualidade e velocidade pelo setor do que o seu concorrente, Júlio César; e
  • Martín Silva não pode deixar o Vasco: Ainda faltam alguns anos para o uruguaio deixar São Januário e ontem ele deu uma nova mostra de que isso não pode acontecer agora.

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook