Opinião: Sobra expectativa, mas falta futebol para o CRB subir à Série A

Goiás x Sampaio Corrêa
Crédito: Rosiron Rodrigues/ Goiás E.C.

O CRB perdeu ontem para o Goiás, no Serra Dourada, por 3×0, e desperdiçou a chance de retornar ao G-4 por pelo menos até o fim da rodada. Agora, o Galo espera o tropeço de Londrina, Náutico e Bahia para poder ainda ter esperança de subir para a Série A. Apesar da alta expectativa pelo tão sonhado acesso, o futebol apresentado pela equipe ontem (e também no segundo turno) não credenciam o time a uma das quatro vagas. É muita expectativa para pouco futebol.

Leia Mais: CRB encara o Goiás no Serra Dourada e vitória recoloca o alvirrubro no G-4

E acontece isto em um momento de definição do campeonato. No dia em que poderia voltar ao G-4 e deixar de lado todo o futebol fraco do segundo turno, a equipe fez um dos piores jogos da temporada. Nem pareceu ser um jogo decisivo. Praticamente quase tudo deu errado. É difícil de encontrar o que deu certo. Por exemplo, os meias Gérson Magrão e Roger Gaúcho erraram todas as jogadas tentadas e o time ficou sem armação, posse de bola e contra-ataque, e na esquerda, os laterais Pery e Diego não conseguiram ser opções de ataque e ainda deixaram uma ‘avenida’ pelo setor.

No único momento que a equipe conseguiu trocar passes, após a entrada do meia Éder, sofreu o segundo gol. O que liquidou a partida.

Para chegar ao G-4 não precisa ter um futebol brilhante, basta ter consistência. Pelas características já apresentadas pelo time, isso significa aproveitar os contra-ataques e as saídas em velocidade. O que o CRB não fez ontem e pouco apresentou no segundo turno.



Alagoano, jornalista em formação e apaixonado por futebol