Na ESPN há 16 anos, Alê Oliveira revela maiores referências na mídia esportiva

Alê Oliveira foi o convidado do The Noite, de Danilo Gentili, desta quarta (26)
Alê Oliveira foi o convidado do The Noite, de Danilo Gentili, desta quarta (26) (Foto: Reprodução/ Twitter)

Hoje sucesso nas redes sociais com os “decretos de sexta-feira”, Alê Oliveira trabalha nos canais ESPN desde 2000. Nos primeiros oito anos, era comentarista apenas de futsal. A partir de 2008, foi envolvido também com o campo e passou a exercer a nova função com algumas referências.

LEIA MAIS:
VOCÊ SABIA? COMENTARISTA DA ESPN CHEGOU A JOGAR NA BASE DO PALMEIRAS
DE ESTILO IRREVERENTE, ALÊ OLIVEIRA CONTA QUANDO LEVOU “BRONCA” NA ESPN
ALÊ OLIVEIRA RELEMBRA GAFE EM CLUBE QUE TREINOU E CONTA COMO FOI DEMITIDO

Em entrevista ao programa The Noite, de Danilo Gentili, exibido nesta quarta (26) no SBT, Alê revelou inspirações em alguns companheiros de equipe para o novo desafio – na ocasião, começou comentando jogos de campeonatos secundários na Europa.

“O PVC (Paulo Vinícius Coelho, ex-ESPN e hoje na Fox Sports) e o Paulo Calçade (comentarista ainda na ESPN) são caras que estudam muito, que têm muita informação, muita estatística, então tentei ir por esse caminho”, contou o “Rei do Decreto”, como agora também é conhecido.

A mudança para um Alê “descontraído”

Se hoje Alê Oliveira é conhecido pelo toque despojado em seus comentários (e por ser da mesma forma no dia a dia, por trás da telinha), teve um dia em que decidiu se tornar assim também na frente da TV.

“Um dia, fui assistir a um reprise meu e falei para a Dona Encrenca (esposa a quem apelida carinhosamente): ‘isso aí é muito técnico, não tem a minha cara. Acho que vou desistir da carreira de comentarista e voltar para o futsal’. Então, falei que iria tentar ser mas natural, o que eu sou no dia a dia e seguir minha vida”, disse.

Com o novo estilo em prática, as coisas “começaram a acontecer” para o comentarista. “Agora, estou nesse formato ‘semi-vida louca’. Falo uma, aí tomo uma bronca. Falo outra, aí tomo outra bronca, mas assim vai indo”, brincou o comentarista.

Gostou da publicação? Para acompanhar tudo o que escreve seu autor, curta sua página no Facebook e siga-o no Twitter.



Jornalista formado pelo Mackenzie (SP), pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Multimídias e pós-graduando em Assessoria de Comunicação e Mídias Sociais pela Anhembi Morumbi (SP). Apaixonado por esportes desde 1994.