Alecsandro revela apoio de Cuca e afirma: “Quero voltar a jogar”

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

Gols, títulos e a renovação de seu contrato. Isso é o que quer o atacante Alecsandro do Palmeiras. Após ficar dois meses sem poder atuar, o jogador foi absolvido de forma definitiva pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de São Paulo, na última segunda-feira. Em coletiva, o atacante revelou que, durante o tempo em que esteve punido, recebeu o apoio do técnico alviverde.

LEIA MAIS:

SPORT X SÃO PAULO: ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA

VITÓRIA X GRÊMIO: ASSISTA AO GOL DA PARTIDA

“Quando saiu a punição, o Cuca ficou chateado. Sabendo da minha índole, ficou do meu lado, me apoiando, ajudando, à disposição para o que eu precisasse. Na volta, deu um migué falando que eu estava abaixo do ritmo, eu falei que estava treinando (risos)” falou o atacante.

Na disputa do título brasileiro com Flamengo e Atlético Mineiro, o Palmeiras abriu três pontos de vantagem na liderança após vencer o Santa Cruz, na última rodada. Entre os 20 clubes da série A, o Verdão é a equipe que possui o melhor ataque. Em 28 jogos, foram 50 gols marcados.

Apesar do bom aproveitamento dos jogadores de ataque, principalmente de Gabriel Jesus –  artilheiro do campeonato ao lado de Robinho com 11 gols -, Alecsandro se disse pronto para brigar por uma vaga entre os 11:

“Hoje me sinto apto a jogar uma partida de 90 minutos. Você começa a incomodar não só o treinador, mas o grupo todo. Você não pode se acomodar em um time como o Palmeiras. Eu vou começar a incomodar sim, não só ele, mas os atacantes também. Quero voltar a jogar”



Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.