Andrés Sanchez revela chateação com Edu Gaspar: “vai ser difícil voltarmos a falar”

Crédito da Foto: Reprodução/TV Gazeta

Em entrevista ao UOL Esporte, o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, foi questionado sobre diversos assuntos como a sua relação com Edu Gaspar. Ele revelou chateação com o ex-gerente de futebol alvinegro, até então o seu grande amigo, que aceitou o cargo para ser coordenador de seleções na CBF sem ter lhe comunicado.

LEIA MAIS:
7 jogadores emprestados que devem retornar ao Corinthians no início de 2017 
Neto detona mudança de comportamento de Andrés Sanchez: “ficou intragável” 

“Estou chateado com ele. O Edu sabia de tudo, ele foi convidado antes e não me falou nada. Pelo contrário, falou que não era. É um grande amigo meu, conheço desde os 12, 13 anos de idade, mas me decepcionou”, disse. “Ele sabia sobre a contratação do Tite. Eu perguntei e ele ainda falou que não sabia de nada, mas é meu amigo”, reforçou a sua decepção.

Sanchez considera complicadas as chances de reatar a amizade com Edu, que segundo ele está tranquilo na entidade.

“Conheço a família dele, os pais dele, mas a decepção fica. Vai ser difícil voltarmos a falar. Vai me procurar pra que? Está tranquilo lá na CBF.”.

Para Sanchez, o futebol é um meio que gera decepções.

“Muita gente me decepcionou e eu também devo ter decepcionado muita gente. A pessoa quando está com a carteira assinada e ganha R$ 300 mil por mês, você é a melhor pessoa do mundo e quando você tira, você é um bandido, filho da p…. É isso”.

Recentemente, Andrés Sanchez se isolou do presidente Roberto de Andrade, que contratou o técnico Oswaldo de Oliveira sem o aval do diretor adjunto de futebol Eduardo Ferreira, o seu amigo, que entregou o cargo sentindo se desprestigiado. O último cargo de Andrés foi a superintendência de futebol.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)