Árbitro relata e São Paulo deve ser punido pelo STJD

Publicos
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O São Paulo pode ser punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por problemas no jogo contra a Ponte Preta. Os motivos foram o atraso para voltar para o segundo tempo e os sinalizadores usados pela torcida que retardaram a volta para o segundo tempo. Os incidentes foram relatados na súmula do jogo pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique e publicado no site da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

LEIA MAIS: SÃO PAULO QUER RENOVAR COM RODRIGO CAIO

“Atraso de 03 (três) minutos para o reinício da partida. Atraso em decorrência do retorno da equipe do São Paulo com 01 (um) minuto além do tempo previsto e outros 02 (dois) minutos, em decorrência de sinalizadores acessos na torcida do São Paulo F.C., necessitando a espera por parte da equipe de arbitragem que os sinalizadores fossem apagados”, relata a súmula.

Cada minuto retardado custa R$ 10 mil para o clube envolvido. Outra punição financeira que pode acontecer é o uso de sinalizadores, artefatos proibidos dentro dos estádios.

Outro clube prejudicado por sinalizadores foi o rival Corinthians, em partida válida pela 19ª rodada do Brasileirão 2016 contra o Cruzeiro. O clube do Parque São Jorge foi multado em R$ 36 mil.



Estudante de jornalismo e atualmente setorista do São Paulo no Torcedores.com