Audax/Corinthians vence e é campeão da Copa do Brasil

Após um empate na primeira partida, desta vez, jogando em casa, o Timão venceu por 3 a 1 o São José, e sagrou-se campeão da Copa do Brasil. O time do técnico Arthur Elias não deu chances para o adversário, e conquista o primeiro titulo da parceria Audax/Corinthians.

Estilo de jogo do Corinthians, a pressão do Timão no inicio do jogo foi grande. Com muita organização, o time pressionava o adversário em seu campo de defesa, mesmo com o jogo truncado, o Timão dominou o meio campo, mas por muitas vezes, parou na fechada defesa do São José. A defesa do Audax/Corinthians se mantinha com uma postura firme, e não dava espaço para o adversário que sofreu para criar chances.

Aos 22 dois minutos, após escanteio, Koki desviou, e a zagueira Pardal, estufou as redes, abrindo o placar e colocando o Timão a frente na busca do titulo, após o gol, o Audax/Corinthians buscava ampliar a vantagem e o São José, pouco chegou ao ataque, e quase não deu trabalho para a defesa do Timão.

Um segundo mais disputado, com muitas faltas, os dois times procuraram a todo momento o ataque, principalmente no inicio, o time do São José pressionou muito a zaga Corinthiana, principalmente nas bolas aéreas. Até que aos 22 do segundo tempo, a artilheira do Audax/Corinthians e da competição Chú Santos, ampliou para o Timão, e deixou a equipe mais próxima do título.

Aos 27 minutos da segunda etapa, Raquelzinha marcou para o time visitante após confusão na área do Timão e colocou novamente fogo no jogo. O São José voltou a pressionar, buscando o empate que levaria a partida para os pênaltis, o jogo passou a ter muitas faltas, e o time de São José abusou das bolas alçadas na área.

Aos 35 minutos, a grande revelação da competição, Gabi Nunes, ampliou para o Audax/Corinthians e sacramentou o título do Timão. Após o terceiro gol, a equipe do Corinthians controlou o jogo e anulou algumas jogadas do São José, que a essa altura já desesperado em busca do resultado, não obteve sucesso.

Alem de Gabi Nunes e Chú Santos, destaque para partida impecável da zagueira Pardal, que além do gol, tomou conta da zaga Corinthiana, não dando chances para a equipe do São José. Com o título, a equipe do Audax/Corinthians conquista a vaga para a disputa da libertadores do próximo ano.