Cartola FC: 5 boas opções de meias para escalar na 33ª rodada

Cartola FC
Crédito da foto: Divulgação

Vem aí mais um final de semana (contando com partidas na sexta e na segunda) recheado de jogos do Brasileirão e, com ele, chega também mais uma rodada do Cartola FC! Para ajudar você, que está escalando seu time no fantasy game mais jogado do país, listamos 5 boas opções de meias que podem render bem na 33ª rodada.

LEIA MAIS:

VEJA QUAIS SÃO OS TIMES FAVORITOS PARA A 33ª RODADA DO CARTOLA FC

Gustavo Scarpa (C$ 15.33 ) – Fluminense – O jogador mais escalado da rodada até o momento e talvez o melhor meia em atividade no Brasil, Scarpa já provou que tem muita qualidade para bater na bola. No Campeonato Brasileiro, o jogador de 22 anos, já marcou 7 gols, distribui 8 assistências e tem tudo para ser um dos nomes do Flu na partida contra o Vitória.

Camilo (C$ 13.62) – Botafogo – O principal nome da mudança de rendimento do Fogão no campeonato nacional deve comandar sua equipe em busca de mais uma vitória e da afirmação dentro da zona de classificação para a Libertadores. Além do frágil adversário, o Coritiba, o fato do Botafogo ter a segunda melhor campanha do segundo turno fazem com que Camilo seja boa opção para a rodada.

Marlone (C 4.56) – Corinthians – Sem muito o que fazer no Brasileirão e mais preocupado com a semifinal da Copa Sul-Americana, a Chapecoense não deve ser um adversário complicado para o Timão, em Itaquera. Com isso, Marlone, um jogador que tem um preço baixo e uma média regular (4,06 pontos) é uma boa opção para a rodada. Além disso, vale lembrar que jogador ficou contente com a confiança de Oswaldo de Oliveira em seu trabalho.

Valdívia (C$ 13.23) – Internacional – Apesar da baixíssima média no game, o Poko Pika pode ser visto com bons olhos para esta rodada do Cartola. Atuando em casa, o Inter deve receber, novamente, o apoio do público e ir para cima do Santa Cruz, novo lanterna do BR 16.

Vitor Bueno (C$ 14.19) – O Peixe tem um compromisso muito difícil na Vila Belmiro contra o Palmeiras, no entanto a boa média do meio-campo Santista (5.90 pontos) é um convite para aqueles cartoleiros ‘ousados’ que tem a intenção de tentar surpreender os amigos e adversários de ligas com um jogador que não deve estar entre os mais escalados.



Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.