Boca Juniors homenageia Carlos Bianchi com estátua na Bombonera

Foto: Divulgação / Boca Juniors

Maior técnico da história do Boca Juniors, Carlos Bianchi agora está eternizado no estádio do clube. O treinador, tricampeão da Libertadores entre 2000 e 2003, ganhou uma estátua na Bambonera, inaugurada nesta sexta-feira, 07/10.

Estavam presentes no evento jogadores comandados por Bianchi no momento mais vitorioso da carreira do treinador, dentre eles Juan Román Riquelme, principal jogador do clube nas conquistas.

O Boca Juniors, em comunicado, classificou o evento como “emocionante” e disse que Bianchi comandou o clube em sua “época mais vitoriosa”:
– Carlos Bianchi já tem a sua estátua dentro das glórias xeneizes. O evento emocionante se realizou nesta sexta-feira na Bombonera com a presença dele e de vários jogadores da época mais vitoriosa do clube – disse o clube.

Para o treinador, a estátua é uma homenagem não só a ele, mas também aos jogadores que por ele foram comandados: “Esta estátua é graças àqueles que estão aqui e também aos que não estão aqui. São eles que fizeram a história, a verdadeira história do futebol são os jogadores”, afirmou.

Carlos Bianchi foi jogador entre os anos de 1967 e 1985, e brilhou com as camisas de Vélez Sársfield (ARG) e Reims (FRA); jogou, ainda, pelo Paris Saint-Germain (FRA) e Strasbourg (FRA). Como treinador seus trabalhos mais relevantes foram pelos argentinos Vélez e Boca Juniors, onde teve três passagens.

Bianchi passou pelo clube xeneíze em três oportunidades: a primeira passagem foi entre 1998 a 2001, quando conquistou os títulos argentinos do Apertura em 1998 e 2000 e o Clausura de 1999, as Libertadores de 2000 e 2001 e o Mundial de 2000 sobre o Real Madrid. A segunda se deu entre 2003 e 2004, quando ganhou novamente o Apertura, a Libertadores e o Mundial em 2003. A última vez que o treinador comandou o Boca Juniors foi entre 2013 e 2014, dessa vez sem muito sucesso.



Lucas Nunes é um jornalista carioca apaixonado por esportes. Apesar de trabalhar em outros ramos da comunicação atualmente, planeja trilhar carreira no jornalismo esportivo, já que ama, em suma, o futebol, o automobilismo e o MMA.