Bom comportamento e garra de Chávez conquistam presidente do São Paulo

Chavez
Crédito de imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Assim que chegou ao São Paulo o argentino Chávez desandou a fazer gols e logo caiu nas graças da torcida. No entanto, a fase ruim do time teve reflexo no futebol do atacante, que após seis tentos, está vivendo jejum de nove jogos. Após perder a vaga de titular para o jovem Pedro, o atleta vem se dedicando e mostrando que pode voltar a vestir a 9.

LEIA MAIS
MARCO AURÉLIO CUNHA NÃO DESCARTA ROGÉRIO CENI COMO TÉCNICO EM 2017
“DISTÂNCIA ENTRE O SÃO PAULO E O NILMAR É A MESMA DAQUI EM DUBAI” DIZ MARCO AURÉLIO CUNHA
ALOÍSIO REVELA QUE SEU PRÓXIMO FILHO IRÁ SE CHAMAR “ROGÉRIO” POR CAUSA DE CENI

Em entrevista ao Lance!, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva elogia a postura do atacante após Ricardo Gomes informar que iria sacá-lo.

– Ele teve uma atitude muito importante e impressionante. Ele sentiu muito o momento difícil. E quando foi sacado porque o Pedro foi bem contra o Fluminense e soube que o Pedro começaria contra a Ponte Preta, vocês não imaginam com que afinco e dedicação ele treinou. Isso faz a diferença. É coisa de homem com força interior e caráter. É no treino que tem que fazer. E tanto fez que o Ricardo, lucidamente, o colocou em momento importante do jogo e o Chávez nos deu o segundo gol. Entrou com a torcida gritando, trouxe ele de volta para a gente. E mostra para o Pedro que é preciso ir devagar. – disse Leco.

O centroavante ficou marcado pelo clássico contra o Santos, no Pacaembu, no último dia 13. Após linda jogada de Cueva, Chávez saiu de frente para o gol e perdeu chance incrível. Depois da partida, o jogador chorou no vestiário e foi consolado por Lugano.

Emprestado ao Tricolor até junho de 2017, o atacante, que pertence ao Boca Juniors, da Argentina, disputou 18 jogos e fez seis gols.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.