Cartão forçado? Suspensão de Neymar contra a Venezuela divide opiniões na web; veja

brigas
Foto: Lucas Figueiredo/ CBF

Com um gol e duas assistências, o atacante Neymar brilhou na goleada da seleção brasileira sobre a Bolívia (5 a 0), na última quinta-feira, na Arena das Dunas, porém, levou cartão amarelo aos 36 minutos do primeiro tempo após empurra-empurra com Azogue e cumprirá suspensão no próximo compromisso nas Eliminatórias da Copa, contra a Venezuela, na terça-feira (11), em Mérida.

LEIA MAIS:
Em gafe, Galvão lembra de meia boliviano que nem participou de título do Santo André em 2004
Sem futebol e com “The Voice” na quarta-feira, audiência da Globo patina  

A advertência levada pouco antes do intervalo dividiu as opiniões no Twitter. Alguns comemoraram pelo fato de o craque brasileiro estar à disposição para o clássico contra a Argentina, em novembro, no Mineirão. Outros lamentaram a suspensão e viram a atitude como intempestiva. Foi o 16º cartão de Neymar com a camisa canarinho, o quarto somente na atual edição das Eliminatórias.

Veja mensagens de internautas no Twitter:

Neymar foi substituído pelo meia Willian aos 23 minutos do segundo tempo após levar cotovelada de Duk. O camisa 10 deixou o gramado com o rosto sangrando. O jogador do Chelsea é forte candidato a começar jogando contra a Venezuela. Outras alternativas são Roberto Firmino e Taison.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)