Cartola FC: dicas para melhorar o seu patrimônio na 33ª rodada

Cartola FC patrimônio
Reprodução / Arte Torcedores.com

Infelizmente estamos chegando ao final de mais uma edição do Cartola FC e ainda há aqueles cartoleiros que priorizam aumentar o seu patrimônio. Pensando nisso, o Torcedores.com deu dicas de um time com jogadores e técnico com boas possibilidades de se valorizarem na 33ª rodada. O mercado fecha às 17h30 (horário de Brasília) desta sexta-feira (28).

LEIA MAIS:
Saiba mais sobre o Cartola FC

Vale destacar que o jogo entre Sport x Ponte Preta, que acontece na quinta-feira, não vai contar pontos para o Cartola.

O time foi montado no 4-3-3:

Goleiro: Weverton – O goleiro desvalorizou -1,05 na derrota do Atlético-PR para o lanterna América-MG e tem boas chances de se valorizar no final de semana, quando o Furacão recebe o Cruzeiro, focado na disputa da Copa do Brasil. O arqueiro que tem sido chamado para a seleção brasileira é dono de uma das melhores médias do fantasy game e custa apenas C$ 5,47.

Zagueiro: Rodrigo Caio – Mesmo o São Paulo tendo vencido a Ponte Preta e não ter sofrido gols no final de semana passado, o beque teve desvalorização de -0,61, mas ainda é dono de uma das melhores médias de pontos. O Tricolor visitará o penúltimo colocado América-MG. O zagueiro custa 12,28 C$.

Zagueiro: Réver – O zagueiro do Flamengo é dono da segunda melhor média de pontos na posição, porém, vem de desvalorização de -2,02 após o empate por 2 a 2 contra o Corinthians, no Maracanã. Mesmo o Mengão tendo difícil compromisso fora de casa contra o Atlético-MG, concorrente direto ao título brasileiro, vale apostar no beque para aumentar o seu patrimônio. Ele custa 8,13 C$.

Lateral: Giovanni – O lateral do Fluminense se desvalorizou -1,59 no empate contra o Coritiba, mas deve valorizar na sexta-feira quando o Tricolor recebe o desesperado Vitória. Ele custa apenas 6,41 C$.

Lateral: Uendel – O lateral do Corinthians não foi bem no empate por 2 a 2 contra o Flamengo, se desvalorizou em -0,33, mas ainda assim é dono de uma das melhores médias do Cartola FC. O favorito Timão terá pela frente a Chapecoense, em Itaquera. O jogador custa 12,60 C$.

Meia: Camacho – O meia do Corinthians voltará a ser titular no final de semana após ter ficado no banco de reservas e disputado apenas os minutos finais contra o Flamengo. Ele teve desvalorização de -1,43. O atleta custa apenas 3,94 C$.

Meia: Cícero – O meia do Fluminense decepcionou no empate por 1 a 1 contra o Coritiba fora de casa, se desvalorizou em -0,83 e tem chances de se redimir neste final de semana quando o Tricolor pega o Vitória, um dos piores times do Brasileirão. O camisa 7 é forte na bola parada e costuma deixar seus gols de cabeça. Custa 8.96 C$.

Meia: Thiago Mendes – O meia do São Paulo teve desvalorização de -0,53 na vitória sobre a Ponte Preta e tem a chance de se redimir contra o virtual rebaixado América-MG. O jogador, autor de dois gols, custa 9,50 C$.

Atacante: Vitinho – O atacante do Inter teve desvalorização de -1,81 no empate sem gols contra o Grêmio, mas tem enorme chance de aumentar a sua artilharia e consequentemente o patrimônio contra o lanterna Santa Cruz, no Beira-Rio. Ele custa 11,31 C$.

Atacante: Everton – O atacante do Grêmio, talismã do time nas últimas rodadas, terá nova chance entre os titulares contra o Figueirense, forte candidato ao rebaixamento. Ele teve desvalorização de -1,30 contra o Inter e provavelmente vai voltar a valorizar. Custa apenas 6,70 C$

Atacante: Wellington – O atacante do Fluminense passou em branco no empate contra o Coritiba, teve desvalorização de -1,12 (a terceira maior entre os atacantes) e agora tem pela frente o Vitória, dono de uma das piores defesas. O jovem custa 7,47 C$.

Técnico: Celso Roth – O técnico do Inter acabou tendo desvalorização de -0,12 no clássico contra o Grêmio, porém, agora volta ao Beira-Rio, onde a sua equipe venceu os três últimos jogos pelo Brasileirão. E na teoria o adversário não poderia ser melhor para buscar a quadra: o lanterna Santa Cruz. Roth custa 8,35 C$.

Preço do time: 101,12 C$



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)