Ceará quer encerrar carreira no Inter e se declara: “Tenho paixão por esse clube”

Internacional
Foto: Divulgação/Site Inter

Dez anos depois de ter anulado Ronaldinho Gaúcho no jogo mais importante da história do Inter, o lateral Ceará voltou ao Beira-Rio com uma missão do tamanho daquela que teve na final do mundial de 2006 contra o Barcelona. Exercer a liderança, passar experiência aos mais jovens e ajudar a equipe contra o rebaixamento estavam entre os atributos delegados a ele assim que a diretoria colorada o buscou no Coritiba.

LEIA MAIS:

Titular no “drama” contra o Paysandu, Chiquinho lamenta saída precoce do Inter

Grêmio completa 10 anos sem perder Gre-Nal em casa no Brasileirão

Ciente da importância do jogador de 36 anos, o técnico Celso Roth não abre mão de tê-lo em campo nas partidas pelo Brasileirão. Atualmente, vem alternando entre lateral-esquerdo e lateral-direito, mas não sai do time. No último domingo, no clássico Gre-Nal 411, Ceará foi o capitão do Inter na ausência de Alex, suspenso. Com contrato até o final de 2017, o experiente defensor não apenas projeta cumprir o vínculo como vislumbra a possibilidade de encerrar a carreira no Inter.

“Eu tenho convicção de que permanecerei no clube. Tenho contrato até o final de 2017 e fiz esse contrato com a perspectiva de permanência. Eu não cogito a possibilidade de rebaixamento. Eu creio que o Inter permanecerá na Série A e eu estarei com o Inter porque o meu coração está inclinado para ele, não só na questão profissional, mas realmente a paixão. Tenho a paixão por esse clube, sou torcedor do Inter e permanecerei, independentemente, das circunstâncias, situações favoráveis ou não”, disse Ceará, em entrevista ao blog do jornalista Alexandre Praetzel.

“Vou cumprir o meu contrato e pretendo encerrar minha carreira aqui no clube. Não sei quando isso acontecerá, mas no tempo oportuno, adequado, eu vou encerrar minha carreira. Pretendo e creio que isso vai acontecer aqui no Internacional”, acrescentou.

Mesmo com o foco no Brasileiro, onde a equipe está no 15° lugar com 37 pontos – dois a mais que o Vitória, primeiro time da zona do rebaixamento -, Ceará acredita que o Inter tem forças para buscar o título da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, às 21h45, o colorado recebe o Atlético-MG pela partida de ida da semifinal do torneio. Ceará e outros titulares não estarão em campo, já que Celso Roth manterá a estratégia de priorizar a Copa do Brasil.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.