Ex-companheiro de equipe revela como Cristiano Ronaldo se “tornou um homem”

Champions League - Cristiano Ronaldo
Reprodução / Facebook oficial do Real Madrid

Cristiano Ronaldo é conhecido por ser um jogador esforçado, mas o jogador do Real Madrid se tornou ainda mais dedicado devido ao tratamento que recebeu no Manchester United.

LEIA MAIS:
ELES TAMBÉM ERRAM! VEJA 10 GOLEIROS QUE JÁ ENGOLIRAM FRANGOS BIZARROS
‘SEGREDO’ DE BALE NA EURO É REVELADO POR COLEGA DE SELEÇÃO. CONFIRA!
PORTUGAL X ANDORRA: ASSISTA AO GOLS DA PARTIDA

Em entrevista ao TalkSPORT, o ex-lateral-direito Gary Neville revelou que Cristiano Ronaldo passou por tempos difíceis quando chegou ao Manchester United vindo do Sporting em 2003. “Cristiano foi pisado durante dois ou três anos no Manchester United e ele poderá dizer que foi nesse momento em que se tornou um homem”, disse o antigo capitão do United.

O “tratamento de choque” pelo qual passou Cristiano Ronaldo fez dele um dos melhores jogadores do mundo quando ainda vestia a camisa dos Red Devils e a sua dedicação era notória entre os companheiros de equipe. “Chegava uma hora antes para treinar e ia embora uma hora depois do fim do treinamento. Não há vinte jogadores que façam isso todos os dias durante 15 anos de carreira”, elogiou Gary Neville.

O antigo defensor do United também afirmou que a evolução que Cristiano Ronaldo teve no clube inglês trouxe mudanças no ponto de vista mental. “Sua maturidade, sua tomada de decisões e seu físico mudaram depois de três ou quatro anos no Manchester United”.

O empenho de Cristiano Ronaldo com a camisa dos Red Devils deu frutos. Em seis anos, o “gajo” foi tricampeão inglês, venceu duas Copas da Liga Inglesa, uma Copa da Inglaterra, duas Supercopas da Inglaterra, uma Champions League, um Mundial de Clubes da Fifa e foi consagrado com a Bola de Ouro da Fifa em 2008 antes de se transferir para o Real Madrid.

Reprodução / Facebook oficial do Real Madrid