Melhor time da rodada, Cruzeiro deixa Internacional na zona de rebaixamento

Cruzeiro x Chapecoense
Crédito da imagem: © Yuri Edmundo/Light Press/Cruzeiro

A vitória sobre a Ponte Preta por 2 a 0 levou o Cruzeiro a subir cinco posições na tabela e terminar a 29ª rodada fora da zona de rebaixamento. Ramón Ábila e Robinho fizeram os gols.

LEIA MAIS:
Mano Menezes vê evolução mas pede cautela no Cruzeiro após vitória
Fora da zona do rebaixamento, Cruzeiro projeta jogo contra o Palmeiras
Cruzeiro x Ponte Preta: assista aos gols da partida
Veja como fica a classificação do Cruzeiro na Série A do Brasileirão

Três jogos encerram a 29ª rodada neste domingo (9), mas nenhum conseguirá desempenho melhor do que o Cruzeiro, que saiu do 16º para o 12º lugar. “Não podemos aceitar mais retroagir, não é que não se pode perder, a gente sabe que são jogos grandes como esse contra o Palmeiras que é o líder do campeonato, mas temos que ter ambição para continuar subindo, se manter em uma situação confortável, marcar posição e se afirmar para depois evoluir mais um pouco e terminar o campeonato com uma produção mais adequada com o elenco que o Cruzeiro tem porque acredito que a gente tenha bastante qualidade”, declarou o técnico Mano Menezes, referindo-se ao próximo jogo da equipe, na quinta (13) em Araraquara contra o alviverde paulista.

Apesar dos gritos de “olé” da torcida durante a vitória sobre a Ponte Preta no Mineirão, o técnico do Cruzeiro mantém os pés no chão. “Se nós olharmos para a diferença de pontuação para a zona do rebaixamento ainda é muito estreita. Isso que vale, embora visualmente é mais gostoso estar na 12ª posição, sabemos que ainda estamos em uma situação em que derrotas nos trazem para baixo e vitórias nos colocam para cima. Temos três times com 36 pontos – Cruzeiro, Coritiba e São Paulo. É importante porque alguns times se enfrentam e não tem ponto para todo mundo. Essas coisas vão dando tranquilidade para continuar”, completou.

O 2 a 0 do Cruzeiro sobre a Ponte Preta empurrou o Internacional para a zona do rebaixamento. O time gaúcho perdeu quatro dos últimos seis jogos e na próxima rodada encara o Botafogo fora de casa. Figueirense, Santa Cruz e América-MG completam o Z4. Na parte de cima da tabela, Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG, Santos, Fluminense e Atlético-PR estão no G6, a zona de acesso à Libertadores.

CRUZEIRO 2 x 0 PONTE PRETA
Público: 17.910
Renda: R$ 417.383,00
Árbitro: Anderson Daronco
Gols: Ramón Ábila, aos 11 minutos do primeiro tempo, e Robinho, aos 35 minutos do segundo tempo
CRUZEIRO – Rafael; Ezequiel, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Lucas Romero e Robinho; Rafinha (Alisson), Rafael Sóbis (Elber) e Ramón Ábila (Willian). Técnico: Mano Menezes
PONTE PRETA – Aranha; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; Elton, Wendel (Rhayner) e Maycon (Thiago Galhardo); Felipe Azevedo (Zé Roberto), William Pottker e Roger. Técnico: Eduardo Baptista
Cartões amarelos: Rafael Sóbis, Edimar (Cruzeiro); Elton, Thiago Galhardo (Ponte Preta)