Cruzeiro x Grêmio registra a pior audiência da Globo na Copa do Brasil em SP

Grêmio x Cruzeiro
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

A surpreendente decisão da Rede Globo em transmitir a primeira semifinal da Copa do Brasil, entre Cruzeiro x Grêmio para São Paulo, rendeu à emissora a pior audiência da edição 2016 da competição.

LEIA MAIS:
Opinião: 5 razões para a vitória do Grêmio sobre o Cruzeiro 
Jogadores do Grêmio comemoram vantagem contra o Cruzeiro, mas pregam cautela 

Segundos dados do Ibope, a vitória gremista por 2 a 0 na noite da última quarta-feira marcou 17 pontos de média no Ibope, com share (índice de televisores ligados) de 29%. O índice foi inferior a Santos 3 x 0 Gama, pelo jogo de volta da terceira fase, até então a pior marca da Copa do Brasil: 18 pontos.

A Globo não havia exibido o duelo de ida entre santistas e brasilienses e optou por exibir o filme ‘Percy Jackson e o Mar de Monstros’. Na época, o filme marcou 22 pontos de média.

As maiores audiências da Globo em São Paulo com a Copa do Brasil seguem sendo Corinthians 2 x 0 Fluminense e Cruzeiro 4 x 2 Corinthians. Os duelos eliminatórios válidos, respectivamente pelas oitavas e quartas de final, renderam 24 pontos de média cada.

Além de São Paulo, outras localidades assistiram a Cruzeiro x Grêmio, exceto RS, SC, RJ e Curitiba-PR.

Audiência no Rio de Janeiro:

No Rio de Janeiro, a Globo exibiu o empate sem gols entre Vasco x Avaí, pela 33ª rodada da série B do Campeonato Brasileiro. O duelo não teve audiência expressiva. Foram 21 pontos de média e 34% de participação, números semelhantes à quarta-feira anterior quando foi exibido Santa Cruz x Botafogo, em jogo antecipado da 32ª rodada do Brasileirão: 20 pontos e 34% de participação.

Cada ponto no Ibope equivale a 67.113 domicílios sintonizados em São Paulo, apenas na região metropolitana, referência para o mercado publicitário. No Rio de Janeiro, um ponto equivale a 43.346 residências.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)