Cruzeiro x Ponte Preta: assista aos melhores momentos da partida

Reproducao: Facebook oficial Cruzeiro Esporte Clube

O Cruzeiro conseguiu um importante resultado na noite deste sábado ao bater a Ponte Preta por 2 a 0, no estádio do Mineirão e ainda por cima deixou a zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com gols de Ábila e Robinho, o time Celeste pulou para a 12º posição, com 36 pontos. A Ponte Preta permanece na 10° colocação, com 39 somados.

O JOGO

Os primeiros minutos de jogo começaram com a Ponte Preta bem postada no seu campo defensivo fazendo com que o Cruzeiro tivesse muita dificuldade para furar o bloqueio campineiro. Porém, aos 11 minutos depois de uma insistência de Rafael Sóbis pela direita, o jogador cruzeirense levantou a bola na área e ela caiu nos pés do artilheiros Ábila. Ele matou no peito e de canhota bateu forte para abrir o placar. Com o resultado, a Macaca se viu obrigada a se lançar mais ao ataque e dava espaços ao time mineiro. Em um contra-ataque, por muito pouco a Celeste não marcou o segundo com Robinho. Ele recebeu bom passe de Ábila, dominou, mas bateu fraco nas mãos de Aranha.

Somente aos 25 minutos a Ponte Preta criou sua primeira oportunidade de gol. Em velocidade, Potker driblou Bruno Rodrigo e bateu cruzado tirando passando perto do poste esquerdo de Rafael.

Na volta do intervalo o Cruzeiro sobrou dentro de campo. Muitas chances foram criadas pelos comandados de Mano Menezes que só não ampliaram antes em razão do arqueiro Aranha. No entanto, aos 35 minutos Robinho sacramentou os três pontos batendo colocado no cantinho da meta da Macaca.

O próximo confronto da Raposa é contra o líder Palmeiras, quinta-feira, em Araraquara. Já a Ponte recebe o Vitória, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA

 

HORÁRIO – 21h
LOCAL – Estadio Mineirão, em Belo Horizonte
ARBITRAGEM – Anderson Daronco, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior, todos do Rio Grande do Sul.
CRUZEIRO – Rafael; Ezequiel, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Lucas Romero. Rafinha, Robinho e Rafael Sóbis; Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes.
PONTE PRETA – Aranha, Nino Paraíba, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; Elton, Wendel e Galhardo; Felipe Azevedo, Pottker e Roger. Técnico: Eduardo Baptista.