Destaque, João Paulo despista sobre futuro no Santa Cruz

Foto: Divulgação/SCFC

Ao lado de Keno, o meio-campista João Paulo tem sido um dos destaques do Santa Cruz no Campeonato Brasileiro, apesar da campanha negativa do time, atual vice-lanterna da competição.

LEIA MAIS:
Pelé no Sport? Quase! Veja essa e outras curiosidades sobre o futebol nordestino
Conheça o Llanfairpwllgwyngyll F.C., o clube de futebol com o nome mais longo do mundo
CONFIRA COMO FICARAM OS GRUPOS DA COPA DO NORDESTE 2017
Você Sabia? Novo prefeito de São Paulo, João Dória é santista fanático
Eleições 2016: Saiba como foi o desempenho de ex-jogadores e jornalistas esportivos nas urnas

Alvo de clubes no começo do ano, a procura por João Paulo, no final do ano, deve voltar a ser grande. No entanto, o jogador afirmou ainda não estar pensando em 2017 e sim na luta pela “quase impossível” permanência na Série A.

“Pensar em 2017 seria até uma falta de… eu não diria de respeito, mas de compromisso com o Santa Cruz. Não vim aqui falar de negociação para o próximo ano e espero que ninguém faça isso. Ainda temos uma missão neste Brasileiro e, apesar de ser difícil, temos esperanças”, afirmou o camisa 10 coral, em entrevista coletiva

João Paulo também foi questionado sobre o atual momento financeiro vivido pelo Santa Cruz, com atrasos de salários e venda de mando de campo do jogo contra o Corinthians para a Arena Pantanal.

“Estamos tendo alguns problemas no clube com isso. Sabemos, também, que é um problema que vem de gestões passadas e que acabam refletindo agora. Não sei até que ponto atrapalha os outros atletas. Quem trabalha, quer receber seu salário. Isso é lógico. Mas acreditamos muito no nosso presidente e esperamos que isso seja resolvido em breve”, disse João Paulo.

“Vemos pelo lado positivo. Claro que era melhor jogar em casa, em um ambiente que já conhecemos. Mas o clube está passando por esse momento difícil e, se vai ser bom para quem trabalha aqui, então aprovamos”, finalizou.

Antes de enfrentar o Corinthians, o Santa Cruz pega o Flamengo, neste domingo, no Pacaembu.



Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com