Edu Ferreira fala sobre Tite “Ele sempre deixou claro que não trabalharia com Del Nero”

Corinthians edu ferreira
Foto: Divulgação/Corinthians

Edu Ferreira, ex-diretor técnico do Corinthians que renunciou pouco antes do anúncio de Oswaldo Oliveira como novo técnico do Timão, deu uma entrevista ao Blog do Alfinete na ESPN em que esclareceu muito dos bastidores do clube.

Leia mais:

EDU FERREIRA DESABAFA: “FUI TRAÍDO. AJUDEI ROBERTO A SEGURAR O ROJÃO”

“NÃO ERRAMOS NO PLANEJAMENTO”, DIZ DIRETOR-ADJUNTO DO CORINTHIANS

Na entrevista ao Alfinete, Edu Ferreira afirmou que o Corinthians não estava preparado para a saída de Tite, mas não criticou a decisão do ex-técnico do clube.

“Essa é uma ótima oportunidade de falarmos sobre isso. O Tite sempre havia deixado claro para nós que não trabalharia com o Marco Polo Del Nero, tanto é que ele até assinou um documento contra sua gestão na CBF. Outro fator também é que ele já havia negado outra proposta”. Edu ainda não associou a decisão de Tite com a saída dos jogadores.

tite edu ferreira
Rafael Ribeiro/CBF

“De jeito nenhum, o Tite é um cara que jamais fugiria de uma luta, ele é um cara exemplar como profissional. Ele achou que era o momento de ir e foi”.

E ainda falou como surgiu o nome de Cristóvão, “Convidamos o Sylvinho, mas não aceitou por achar que não era o momento. Então, sentamos eu o Roberto, Andres, Alessandro, Mauro, Fábio Carille, Fernando Lázaro e Fábio Mahseredjian e dessa reunião surgiu o nome do Cristóvão”.

Edu Ferreira ainda falou na entrevista que a renuncia de seu cargo nada tem a ver com Oswaldo mas sim pelo fato de não ter sido comunicado pela decisão. “Deixei claro que minha saída não tinha nada a ver com a pessoa dele. Sou um homem de caráter e personalidade. Como em nenhum momento fui consultado sobre a chegada de um novo treinador, achei melhor renunciar”.



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."