Executivo da Microsoft condena ataques a ReCore

Phill Spencer (de camisa preta) precisou sair em defesa de ReCore "não entendo essa necessidade de comemorar o insucesso alheio" - Imagem: Reprodução/Twitter

Em algumas ocasiões a “guerra de consoles e games” entre fãs do Xbox e do PlayStation ultrapassam certos limites. E foi exatamente por essa razão que o principal executivo da divisão Xbox da Microsoft, Phill Spencer precisou sair em defesa de ReCore, um de seus produtos exclusivos que recebeu uma enxurrada de notas baixas nos principais sites de avaliação de games do mundo.

Falando em tom de desabafo ao o Gamespot, Phill escolheu falar de ReCore, jogo exclusivo do console americano, como exemplo do que prefere chamar de mau comportamento de muitos jogadores contemporâneos que no lugar de comemorarem o sucesso de seus jogos preferidos torcem e celebram a queda de quem consideram rivais.

LEIA MAIS

CONHEÇA FROSTBITE 3, MOTOR GRÁFICO DE FIFA 17

PLAYSTATION VR: VEJA LISTA DE JOGOS CONFIRMADOS

NATHAN DRAKE COLLECTION TERÁ VENDA INDIVIDUAL

CEO GAMER DIZ: HÁ POUCA DIFERENÇA ENTRE 4K DO PS4 PRO E SCORPIO

GABRIEL REVOLTA, O ASTRO BRASILEIRO DE LOL

“Quando ReCore foi lançado e surgiram umas notas mais baixas, recebi tweets de fãs do PlayStation extremamente contentes por ReCore não ter uma boa nota em algumas análises. Penso que isso é algo muito negativo para a nossa indústria, que alguém tenha ficado encantado por outro alguém ter dado uma análise mais baixa do que aquilo que a equipe esperava” – finalizou num dos trechos da conversa.

Phill Spencer precisou defender ReCore das críticas
ReCore, último exclusivo da Microsoft a sofrer com ataques virtuais em forma de crítica – Imagem: Reprodução/Twitter oficial @ReCoreGame

Ainda falando sobre ReCore, Spencer acredita que as notas não refletem a real avaliação geral sobre o jogo. Na opinião do executivo alguns especialistas demonstram nitidamente ter má vontade ao avaliar jogos do Xbox e tolerância alta com os do PlayStation. Ele ainda sugere que as notas baixas parecem ser concedidas apenas com o propósito de chamar atenção.

“O jogo está sendo bem vendido e os jogadores que nos enviam feedbacks dizem que estão gostando do que estão jogando, logo a recepção dos jogadores tem sido positiva e para nossa divisão isso é o mais importante” – finaliza.



Lucas Mendes é Jornalista, nascido no Rio de Janeiro mas com profundas raízes espalhadas pelo Brasil. Apaixonado por esportes desde pequeno por influência do Maior Camisa 10 de Todos os Tempos que viu jogar - o Tio Juca - Lucas busca fazer através do jornalismo esportivo o que não pode fazer dentro das quatro linhas do esporte. Com passagens por TV Jangadeiro, TV Fortaleza, Rede Record, SBT, Rede Gazeta, Rede Massa, RPC e TV Tarobá acumulou a experiência que agora compartilha no Torcedores.com