Flamengo pode atingir marca impressionante em jogo no Pacaembu

Pacaembu- Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo fará sua terceira partida no estádio do Pacaembu, em São Paulo, contra o Santa Cruz, neste domingo às 17h, pela 29ª rodada do Brasileirão e o local já foi até apelidado de “Flacaembu” pela torcida Rubro-negra. O que mais chama a tenção é adesão dos torcedores cariocas no estádio da capital paulista. 

Leia mais:

OPINIÃO – FLAMENGO PRECISA MELHORAR ATAQUE PARA CHEGAR AO HEPTA NO BRASILEIRÃO
JOIA DO FLAMENGO DIZ ESTAR TRANQUILO PARA APROVEITAR A OPORTUNIDADE

 

A expectativa da diretoria do Flamengo é que os torcedores encham o estádio mais uma vez. Cerca de 17 mil lugares já haviam sido vendidos até a noite da última sexta-feira. O Rubro-negro levou quase 30 mil torcedores para ver o duelo contra o Figueirense, pela 26ª rodada, vencido pelo time da Gávea por 2 a 0.

A média de público nos dois jogos disputados, beira os 30 mil e isso leva a crê que com o final do Brasileirão se aproximando, a torcida do Flamengo vá lotar o Pacaembu contra o santa Cruz neste domingo.

Além do Figueirense, o Flamengo enfrentou o Fluminense em março com o melhor público até hoje, no estádio municipal. 30.188 pessoas foram assistir o empate de 0 a 0 pelo Campeonato Carioca. Para alcançar a marca de 90 mil torcedores no estádio paulista, basta levar 30.207 espectadores ao local da partida.

O time de Zé Ricardo vai modificado para a partida. Paulo Victor entra no gol, no lugar de Muralha, Chiquinho na esquerda, no lugar de Jorge, suspenso e o treinador Rubro-negro deve promover Fernandinho como titular no lugar de Everton, além do ataque que vai contar com Felipe Vizeu, no lugar de Damião, suspenso e Guerrero convocado para a seleção peruana.

O Flamengo poderá melhorar a sua marca no ataque, já que é o terceiro melhor do Brasileirão com 36 gols, atrás de Atlético-MG 46 e Palmeiras 50.

 

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: Maicon Vasconcelos – @Maicvasconcelos

 



Sou apaixonado por esportes e política. Escrever é minha paixão. A vida é muito intensa para ser editada em palavras!