Galvão e Casagrande mudam postura e elogiam ‘novo’ Neymar sob comando de Tite

Crédito da foto: Reprodução/Instagram

A ótima atuação de Neymar na goleada do Brasil sobre a Bolívia (5 a 0), nesta quinta-feira (6), pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, arrancou elogios de Galvão Bueno e Walter Casagrande Jr. na transmissão da TV Globo. Anteriormente criticado nos tempos de Dunga, por falta de personalidade, agora a postura passou a ser outra não só com o jogador, mas sim com o time.

VEJA MAIS
EM GAFE, GALVÃO LEMBRA DE MEIA BOLIVIANO QUE NEM PARTICIPOU DE TÍTULO DO SANTO ANDRÉ EM 2004
GALVÃO SE EMOCIONA EM HOMENAGEM AOS SEUS 35 ANOS DE REDE GLOBO

“Ninguém está fominha. Está todo mundo tocando. O Neymar saiu frente a frente com um zagueiro só, poderia ter driblado o zagueiro, mas não, ele tocou pro Gabriel Jesus, que é o centroavante e poderia querer fazer o gol, mas também não quis, tocou pro Neymar. Foi tudo fácil, sem egoísmo nenhum, ninguém quis ser o herói da história”, comentou Casão logo depois do gol marcado pelo jogador do Barcelona, o primeiro do time verde e amarelo.

Para Galvão, o trabalho do técnico Tite, tirando o foco central para o camisa 10 da seleção, está surtindo efeito em campo. “Durante a coletiva do Tite, foi a primeira vez que não surgiu o nome do Neymar. Não se perguntou nada sobre ele, o técnico não falou nada sobre ele. Acho que isso é excepcional para ele. Sair do foco desse jeito e o foco passa a ser dentro de campo, como ele tá jogando uma grande partida como hoje”, opinou o narrador global.



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Foi repórter colaborador e hoje é líder da comunidade de colaboradores juniores, plenos e seniores no site Torcedores.com.