Grêmio se aproxima de final da Copa do Brasil

Grêmio está perto da final da Copa do Brasil
Reprodução/Sportv

Lá se vão 9 anos desde que o Grêmio disputou a final da Taça Libertadores da América contra o Boca Juniors, o resultado obtido naquela ocasião foi um vice-campeonato e desde então o time nunca mais disputou a decisão de um torneio importante para o torcedor (Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores, Sul-Americana). O último triunfo é ainda mais distante, a Copa do Brasil de 2001 quando o Tricolor bateu o Corinthians por 3×1 na volta e com um agregado de 5×3 levantou o tetracampeonato da competição. Pois bem, o time agora comandado por Renato Gaúcho mostra jogo a jogo que não apenas recuperou o bom futebol, parecido com aquele da vitoriosa década de 90 como está há apenas 90 minutos de voltar a decisão da Copa do Brasil.

O status de favorito a passar para a decisão na chave contra o Cruzeiro surge após a boa vitória por 2×0 fora de casa obtida nesta quarta-feira num Mineirão lotado, por mas de 51 mil pessoas. Sem Renato no banco o time foi interinamente comandado por Alexandre Mendes e o auxiliar mostrou porque é o braço direito do ídolo maior do Imortal Tricolor. Jogando como seu mentor o auxiliar técnico manteve a formação com Ramiro na ponta direita, Douglas centralizado e Pedro Rocha na ponta esquerda municiando Luan no ataque. O camisa 7 aliás merece um parágrafo a parte.

Primeiro pelo golaço marcado ainda no primeiro tempo. O tento foi marcado após uma bela sequência de 24 trocas de passes em 1’03” de posse ininterrupta contra um desfalecido adversário. O camisa 7 percebeu o goleiro Rafael adiantado, ajeitou para a perna boa e mandou quase no ângulo esquerdo da meta cruzeirense, fim de jejum de 12 jogos e Grêmio 1×0.

LEIA TAMBÉM

COSMOS LAMENTA MORTE DE CARLOS ALBERTO TORRES

PATCHER IGNORA AUSÊNCIA DE 4K NATIVOS NO PS4 PRO

SPENCER COMEMORA DESENVOLVIMENTO DO PROJECT SCORPIO

SWITCH: A NOVA APOSTA DA NINTENDO

O Imortal seguiu pressionando o adversário, com marcação na saída de bola de Cruzeiro e dividindo cada bola como se fosse a última. Nervosa a raposa partiu para agressão em diversos lances contra os gremistas que evitaram o revide, Douglas levou duas cotoveladas de Bruno Rodrigo, Marcelo Oliveira foi estapeado por Rafael Sóbis e Kannemann levou uma banda de Ábila em uma sequência de divididas, todas sem revide. A paciência deu resultado e o placar foi mantido até o apito parcial aos 47 da primeira etapa.

No intervalo o Cruzeiro mandou a administração do Mineirão molhar o gramado no lado em que o Grêmio defenderia, medida covarde de um time nitidamente desesperado pela vexatória situação no Campeonato Brasileiro e pressionado por uma torcida que não merece a campanha medíocre realizada ao longo de 2016. A trapaça não deu certo e o Grêmio continuou melhor, tanto que chegou ao segundo gol num contra-ataque armado por Kannemann – o melhor da defesa gaúcha – que Douglas livre aproveitou para ampliar.

Diferente do primeiro tempo o Cruzeiro não partiu para agressão física aos jogadores do Grêmio, mas na base do desespero o time mineiro nada conseguiu fazer contra Marcelo Grohe que voltou a sentir lesão, desta vez no músculo adutor da coxa direita. O Grêmio esteve perto de marcar o terceiro em pelo menos duas oportunidades com Luan e Éverton, mas o 2×0 permaneceu até o apito final, dado aos 50 minutos do segundo tempo.

Com o resultado o Grêmio joga por um empate na volta em sua Arena. O time tricolor se classifica com qualquer empate e derrotas por até 1 gol de diferença o Cruzeiro dependerá de 3 gols para seguir adiante em busca do mesmo pentacampeonato que o Grêmio persegue.



Lucas Mendes é Jornalista, nascido no Rio de Janeiro mas com profundas raízes espalhadas pelo Brasil. Apaixonado por esportes desde pequeno por influência do Maior Camisa 10 de Todos os Tempos que viu jogar - o Tio Juca - Lucas busca fazer através do jornalismo esportivo o que não pode fazer dentro das quatro linhas do esporte. Com passagens por TV Jangadeiro, TV Fortaleza, Rede Record, SBT, Rede Gazeta, Rede Massa, RPC e TV Tarobá acumulou a experiência que agora compartilha no Torcedores.com