Grupos políticos já começam a se movimentar há um ano das eleições no Vasco

Foto: Paulo Fernandes/ Vasco.com.br

Os grupo políticos do Vasco já trabalham nos bastidores já pensando nas eleições do Conselho Deliberativo que acontece no ano que vem, para concorrer à presidência do clube em 2017. Até o momento, alianças já estão sendo negociados e possíveis candidatos para ocupar a vaga de Eurico Miranda, que até o momento não se sabe se irá concorrer nas próximas eleições, conforme mostra todos os detalha o jornal “Extra”.

LEIA MAIS:
VASCO X LONDRINA: ACOMPANHE O PLACAR AO VIVO
VASCO X LONDRINA: SAIBA O QUE ESTÁ EM JOGO
VASCO LIDERA RANKING DE SÓCIO-TORCEDORES FORA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

A primeira chapa que deve se candidatar são os grupos Sempre Vasco e Cruzada vascaína que já elevaram, que é comandado pelo Júlio Brant que nas eleições em 2014 ficou em segundo lugar e deverá concorrer novamente. Nas redes sociais, sempre parabeniza a equipe principalmente a atual diretoria vascaína.

Caso aconteça, ainda não está definido se Julio será um dos candidatos organizado, pelo Edmundo e também há a chance de derrotados para prefeito do Rio apoiarem a chapa que é a principal oposição da oposição. Vale lembrar que em seu site, vários grupos já têm feito críticas a atual diretora, principalmente pelos programas de sócios.

Por outro lado, o grupo Identidade Vasco que é liderado por Roberto Monteiro nas eleições passadas, já tem reuniões para cuidar do assunto do pleito do ano que vem. Já que a tendência é que o ex-presidente o Conselho de Beneméritos não se eleja outra vez e um dos candidatos é Frederico Lopes, que é o ex-vice de patrimônio.



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com