Itabaiana e Sergipe conhecem seus adversários na Copa do nordeste

Foto: Divulgação/Federação Sergipana de Futebol

Em sorteio realizado em João Pessoa, os clubes conheceram suas respectivas chaves na competição de 2017, entre eles os representantes sergipanos, Itabaiana e Sergipe, que ficaram nas chaves D e E, respectivamente.

LEIA MAIS:
VITÓRIA AVANÇA ÀS OITAVAS DE FINAIS DA COPA DO BRASIL SUB-20
DESDE 2011 NO CARGO, CLÁUDIO TENCATI COMEMORA 100ª VITÓRIA NO LONDRINA

No grupo D além do Itabaiana, temos CSA, CRB e ABC. No grupo E está o Vitória, América de Natal e Botafogo-PB. O destaque do grupo D fica para o clássico entre CSA X CRB, que tudo indica para uma grande festa da torcida no estádio Rei Pelé.

A última vez que o Itabaiana participou da competição foi em 2013, em que ficou com o último lugar do grupo A que tinha Ceará, Bahia e ABC. Já o Sergipe esteve no torneio em 2014, no mesmo grupo do rival Confiança. Apesar da campanha melhor que o Confiança, nenhum dos dois avançou. América de Natal e Vitória ficaram com as vagas para a próxima fase. Curiosamente, as duas equipes estão novamente no grupo do Sergipe.

Em entrevista para o Globoesporte.com, jogadores e dirigentes das equipes comentaram sobre o sorteio.

“Estamos satisfeitos com o grupo. Há uma igualdade de forças. Não acredito que o CSA mantenha o plantel forte que teve esta temporada. Vamos manter em torno de 80% do grupo, traremos um comandante técnico e vamos buscar uma boa participação na competição”, afirmou o presidente do Itabaiana, Amilton Gomes.

“Todas as chaves terão grandes equipes, a do Itabaiana eu acredito que ficou intermediária. Foi uma chave boa, com duas equipes de Alagoas e uma do Rio Grande do Norte. Então, a gente tem plenas condições de brigar de igual para igual com essas equipes. Temos a consciência que são equipes qualificadas que caíram em nosso grupo, mas o plantel que ficou desta temporada vai fazer uma boa competição, ressaltou o goleiro Genivaldo

Na mesma entrevista ao Globoesporte.com, os representantes do Sergipe manifestaram a sua opinião sobre o sorteio.

“Teremos uma competição muito disputada porque desta vez teremos os principais clubes de cada estado. Não tem grupo fácil, todos são muito competitivos. A volta de grandes clubes como Sergipe Náutico, CSA e Vitória torna ainda mais difícil a Copa do Nordeste do próximo ano. Queremos retomar a tradição do Sergipe e ir além na competição, para isso a ideia é montar um time bastante competitivo. Vamos buscar nossa classificação mesmo reconhecendo que todos nossos adversários são muito fortes”, explicou o presidente do Sergipe, Silvio Santos.

“Fomos premiados com um grupo bastante forte. Estamos cientes da nossa responsabilidade, a diretoria também da deles e tenho certeza que eles vão nos dar condições para realizar um bom campeonato. Ficamos acompanhando o sorteio, preocupados, na ansiedade para descobrir quais seriam nossos adversários e vimos que todos eles são de grande qualidade, mas nós temos totais condições de avançar, é só correr atrás”, pontuou o volante Gil Baiano.

“Grupo forte, mas um grupo bom. Vamos enfrentar um clube de Série A e outros times de tradição como América de Natal e Botafogo da Paraíba. É muito bom o Sergipe estar de volta, disputando uma competição tão importante, com uma visibilidade muito grande”, analisou ozagueiro Carlos Alexandre.