Kelly Slater é eliminado em etapa da França e admite que dificilmente competirá em Portugal

Kelly Slater cumprimenta Leonardo Fioravanti em duelo do segundo round. Crédito da foto: WSL / Poullenot/Aquashot

Somando 10,16 contra 13,26 de Leonardo Fioravanti, o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater não conseguiu superar o wild card italiano e acabou eliminado do 2016 Quiksilver Pro France nesta sexta-feira (7). O americano ainda afirmou que devido a dores nas costas, dificilmente competirá na etapa portuguesa do Circuito Mundial de Surfe no final deste mês.

LEIA MAIS:
Kelly Slater considera disputar Olimpíadas de Tóquio aos 48 anos

– Tenho muitos adversários à minha frente no ranking e preciso cuidar do meu corpo. Sei que vai entrar um swell enorme, mas não sei se estarei. Minhas costas estão me dando muitos problemas, então talvez use esses dois meses até a etapa de Pipeline para colocá-las em ordem – afirmou Slater após sua bateria

Confira os melhores momentos da bateria entre Leo e Kelly (crédito: WSL):

 

Outra grande decepção deste terceiro dia de competições na França foi a queda do sul-africano Jordy Smith, o vencedor da etapa californiana do Circuito Mundial no último mês, caiu para o australiano Ryan Callinan. Jordy liderou a bateria durante boa parte, porém nos minutos finais acabou sofrendo a virada e não conseguiu reverte-la.

Dentre os brasileiros, Alex Ribeiro, Wiggolly Dantas e Jadson André acabaram eliminados, enquanto Filipe Toledo e Alejo Muniz avançaram para o terceiro round. Filipe encarou Alex e dominando amplamente a disputa, arrancou 8,67 e 7,00 dos juízes. Alejo e Michel Bourez travaram um duelo mais equilibrado, tanto que Muniz só conseguiu a liderança definitiva com um 6,50 nos minutos finais. Já Wiggolly não teve tanta sorte, após Conner Coffin somar 16,33 a situação ficou irreversível para o ubatubense. Fechando as repescagens, Jadson André não foi páreo para o californiano Kanoa Igarashi e acabou sendo eliminado por 9,17 a 12,43.

Bela esquerda que rendeu um 9,00 para Conner Coffin contra Wiggolly Dantas (crédito: WSL):

 

Com cinco horas a mais de fuso horário, a próxima chamada do 2016 Quiksilver Pro France será neste sábado (8) às 3h da manhã (de Brasília). Além de Filipe Toledo e Alejo Muniz, os brasileiros Adriano de Souza, Italo Ferreira, Gabriel Medina, Caio Ibelli e Miguel Pupo reforçam o time no round 3.