Levir Culpi pede união de time e torcida para clássico contra o Flamengo

Reprodução/Facebook Fluminense

Levir Culpi não esconde o incômodo por não poder comandar o Fluminense como mandante, no Campeonato Brasileiro. Apesar do fim das Olimpíadas, o Maracanã e o Engenhão ainda estão cedidos ao Comitê Rio 2016. Com isso, o Tricolor carioca vem jogando em diferentes estádios como Édson Passos e Cariacica.

LEIA MAIS: LEVIR CULPI REVELA AS PRETENSÕES DO FLUMINENSE PARA O G-4 DO BRASILEIRÃO
SAIBA QUAIS SÃO AS CHANCES DO FLU EM GARANTIR UMA VAGA NA LIBERTADORES

O próximo compromisso do Flu, será o clássico contra o Flamengo na próxima quinta-feira (13), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Por não poder jogar em casa, Levir pede união entre torcida e time para deixar de lado o fator casa e buscar a vitória contra o rival.

A partida estava agendada a principio em Manaus, depois foi transferida para a Arena Botafogo, na Ilha do Governador, mas a CBF confirmou o jogo para Volta Redonda.

“Não jogaremos em casa, não jogamos esse ano ainda. Temos que superar. É momento de união. Tem muita coisa boa para acontecer no Fluminense. São circunstâncias do calendário, situações políticas também. Estamos jogando fora de casa e é preciso que entendamos isso. Por que não vencer? Vitória seria ótimo e espero que estejamos todos juntos porque precisaremos da torcida e de todo nosso esforço.” Pediu Levir Culpi em entrevista ao site Globoesporte.com

Sobre a derrota para o Santos na última quarta-feira (05), na Vila Belmiro, o treinador reconheceu alguns pontos em que o time precisa de atenção, mas analisou que os acertos foram maiores que os erros.

“Precisamos corrigir e ajustar (os erros), mas permanecer com o correto. São muitas coisas boas que temos que repetir. Time jogou relativamente bem. Jogo foi equilibrado, qualquer resultado seria normal, não podemos tirar o mérito do Santos.” Disse o treinador.

Apesar da derrota, o Fluminense segue na quinta colocação da tabela de classificação, com 46 pontos, porém, a distância para o quarto colocado, o Santos, aumentou para quatro pontos.