Libertadores 2018 irá excluir time por dois motivos preocupantes para os brasileiros

Libertadores
Crédito de imagem: Divulgacao/Conmebol

A Libertadores de 2018 terá novidades incluídas na competição pelo regulamento da Conmebol para licenças de times obrigatórias para participar da Libertadores em 2018.

MUITO ALÉM DE LÉO MOURA, FLAMENGO ACUMULA AÇÕES NA JUSTIÇA MOVIDAS POR ÍDOLOS
REVISTA INGLESA COLOCA JOGADOR DO FLAMENGO COMO UM DOS MAIS PROMISSORES
FLAMENGO QUER CONTRATAR GOLEIRO DESTAQUE DA SÉRIE A
QUEM SÃO OS TIMES MAIS VALIOSOS DO BRASILEIRÃO; VEJA O RANKING
JUSTIÇA ACEITA DENÚNCIA CONTRA COMENTARISTA DO SPORTV E PRESIDENTE DA CBT

FLAMENGO E IFOOD FECHAM ACÃO COM SNAPCHAT,SAIBA COMO USAR

Os times serão obrigados a ter estádio garantido, ou seja, estádio alugado ou próprio e ainda não poderão ter problemas com dívidas.

O documento contém um grande número de exigências  como por exemplo manter categorias de juvenis estruturadas e departamentos profissionais de marketing, futebol, finanças e o time feminino. O estádio do time terá que ter o estádio que comtemple certas exigência de conforto como área para impressa e espaços específicos. Todos passarão por fiscalização.

Já na questão financeira os times serão obrigados a apresentar relatórios financeiros com detalhes como dívidas por transferências e salários. E deverão explicar as receitas referentes a Tv, patrocinadores  e de ter jogadores que pertence a terceiros.

Mas o texto será aprovado gradativamente, exemplo disso é que só o Peru tem um sistema próprio nacional, uma das exigências deste novo regulamento. O prazo limite para entregar os relatórios financeiros para participar da Copa das Libertadores de 2018 é 30 de novembro de 2017.

  • A informação é do Blog de Rodrigo Mattos.