Maicon elogia seu primeiro ano no São Paulo, mas diz: “Não estou satisfeito”

Maicon
Créditos da imagem: Érico Leonan / saopaulofc.net

A má temporada do São Paulo não tem agradado a torcida e nem os jogadores, mesmo aqueles que têm se destacado individualmente como no caso de Maicon. Em coletiva no CT da Barra Funda, nesta quinta-feira, o jogador fez uma analise de seu primeiro ano no clube e apesar de se auto-elogiar, disse que o principal objetivo é coletivamente.

Questionado sobre seu desempenho no São Paulo, Maicon se elogiou, mas disse não está satisfeito pelo coletivo que é o mais importante em um grupo e projetou o clube brigando por títulos nos próximos anos.

“Mesmo com a fase que vive o São Paulo, minha primeira opção sempre seria o São Paulo. Estou muito feliz pela volta, claro que não estou satisfeito como estamos lidando esse ano. Queria brigar por títulos. Mas acredito que no futuro bem próximo o São Paulo voltará a ter o que o torcedor sempre espera. Minha passagem eu digo que está metade boa, porque tem objetivos pessoais e coletivos. Passagem boa, mas não me leva a nada se eu não ganhar títulos. Meu objetivo principal é colocar o São Paulo no topo, onde está acostumado”, explicou.

Maicon não só se auto-avaliou como também falou no grupo como um todo. O zagueiro elogiou o sistema defensivo, mas voltou a ressaltar o coletivo.

“Pra gente ali atrás a gente fica satisfeito com o nosso desempenho. Mas temos de frisar que não é só os quatros ali de trás, é um todo. A equipe toda é muito forte. Mas temos de pensar que é o coletivo que ajuda a defender. Tem de estar compacto, porque se na frente não houver pressão, a gente não consegue marcar. A gente fica satisfeito. E também na frente não são só os atacantes que têm obrigação de fazer gol, também podemos ir”, finalizou.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.