Mercado da bola: Palmeiras define “data-limite” para discutir pendências de Cuca e Cia

Palmeiras
Foto: Cesar Greco/ Agência Palmeiras

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, vai encerrar seu segundo mandato em dezembro, e em seu lugar entrará certamente Maurício Galiotte, atual vice e único candidato no pleito. As eleições no Verdão irão ocorrer no dia 27 de novembro, uma semana antes do término do Campeonato Brasileiro, competição que o clube está muito próximo de conquistar. A proximidade das datas faz com que a nova diretoria já comece a pensar no planejamento para 2017.

LEIA TAMBÉM:
Presidente da Crefisa será candidata ao Conselho do Palmeiras em 2017
“Minha batalha é diária contra a mente”, desabafa Prass sobre recuperação
Defesa do Palmeiras já tem mais gols que atacantes do Corinthians no Brasileirão
Ex-Palmeiras, Pedrinho e Felipe ganham “aula” de Cuca visando carreiras de técnico

De acordo com reportagem do GloboEsporte.com, a cúpula deve definir, até o encerramento do Brasileirão, as renovações de contrato dos atletas que têm vínculo até o fim do ano. As negociações serão encabeçadas por Galiotte, que tem bom relacionamento com a alta cúpula da Crefisa, principal patrocinador do clube, e até com a oposição.

Apesar de Nobre não dar nomes aos bois de quem deve ficar no Palmeiras em 2017, é uma tendência que o técnico Cuca e o diretor de futebol Alexandre Mattos renovem seus vínculos. O treinador foi sondado por clubes da China, chegou até a insinuar uma volta ao Oriente na temporada que vem, porém repensou e consertou: “não faria essa sacanagem com o Palmeiras”

Dentro de campo, quem tem mais chances de permanecer na Academia de Futebol é o volante Gabriel, que já teria uma situação encaminhada para um novo vínculo de cinco anos no clube, o goleiro Jailson, que vem dando conta do recado após a lesão de Fernando Prass, e o atacante Alecsandro, que voltou recentemente aos gramados após ser absolvido de acusação de doping.

VEJA MAIS:
Palmeirense, você teria coragem de batizar sua filha de “Palmeiras”? 

Dois atletas que dificilmente ficarão na Academia de Futebol são o zagueiro Roger Carvalho e o lateral Fabiano. O defensor não atua desde a derrota por 4 a 1 para o Água Santa, ainda pelo Campeonato Paulista, enquanto o ala vem sendo o substituto de Jean na lateral direita. Ele está emprestado pelo Cruzeiro até o final do ano.

Finalmente o último jogador que ainda precisará resolver sua situação é o veterano Zé Roberto. O jogador de 42 anos admitiu, no começo do ano, que 2016 seria sua última temporada como profissional, mas as boas atuações, principalmente a última contra o Santa Cruz em que fez um golaço, podem fazer seus planos mudarem.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.