“Não podemos fazer do Lucão um novo Casemiro”, afirma Marco Aurélio

Crédito da foto: Reprodução\ Twitter oficial do Marco Aurélio

O volante Casemiro hoje é destaque no time do Real Madrid e na Seleção brasileira do Tite, porém no São Paulo ele passou momentos complicados, uma situação parecida que vive hoje o zagueiro Lucão e para a história não ser repetida o diretor do clube paulista Marco Aurélio Cunha disse não abrir mão do defensor.

Leia mais:

THIAGO MENDES SONHA COM VAGA NO G6: “TEMOS QUE PENSAR LÁ EM CIMA”

“Não vou abrir mão nunca de um jogador de nível técnico do Lucão, embora sua análise com a torcida seja ruim. Mas não posso me dominar só pelo que a torcida analisa, tenho que analisar por potenciais. Todo jogador tem de ter mais uma oportunidade e com paciência. Veja quantos jogadores o São Paulo não soube esperar e depois deram a volta por cima. O próprio Casemiro é um exemplo. Não podemos fazer do Lucão um novo Casemiro”, comentou o diretor do São Paulo.

Marco Aurélio Cunha ainda completou dizendo que Lucão pode voltar a ter chances como titular da equipe: “Ele pode voltar a ter oportunidade. Na escola desses grandes zagueiros, como Lugano, Maicon, pode aprender e corrigir pequenas coisas. Lucão passou por todas as seleções de base, como Casemiro. Será que todos estão errados? Na hora que fraquejou, a gente torce e joga fora?”, finalizou o cartola do Tricolor do Morumbi.

Na negociação do São Paulo com o Porto na compra do Maicon, o jovem zagueiro quase entrou no negócio, porém acabou ficando no clube, ele tem uma forte rejeição da torcida do Tricolor Paulista, algo parecido com Casemiro, que era muito criticado pelo torcedor são paulino, mas acabou dando a volta por cima no Real Madrid. O volante foi vendido pelo São Paulo para o time espanhol por 6,5 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões).



Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.