Neto detona comentaristas da Globo e afirma: “Ninguém chega nos meus pés, porque eu enxergo o jogo”

Neto
Crédito da foto: Reprodução/TV Bandeirantes

O ex-jogador e agora comentarista e apresentador dos canais Bandeirantes e Band Sports, o ‘craque’ Neto segue polemizando em suas opiniões. Na tarde desta sexta-feira (07), na abertura do programa Donos da Bola, Neto considerou que a Seleção Brasileira fez seu dever ao vencer a Bolívia e afirmou ser o melhor comentarista do país.

LEIA MAIS:

APÓS MAIS UM GOL COM A CAMISA DA SELEÇÃO, GABRIEL JESUS RECEBE ELOGIO DO MANCHESTER CITY

”A verdade é que eles não fazem mais do que a obrigação ganhar da Bolívia de 5 a 0, classificar na Eliminatória onde se classificam quatro” opinou Neto.

Segundo ex-jogador, se o Brasil não trocasse de técnico não iria participar da próxima Copa do Mundo que vai acontecer na Rússia, em 2018.

”Os dois primeiros jogos (sob o comando de Tite) mostrou o que é a seleção brasileira. Contra a Bolívia mostrou um time tecnicamente legal (…). O Tite foi convocado porque estavam com medo. Com o Dunga não ia pra Rússia. A gente ia é para aquele lugar. Com o Dunga, a gente não ia.”

Além de analisar e minimizar a vitória da Seleção, Neto aproveitou a oportunidade para elogiar a si mesmo, se autodeclarar o melhor comentarista do Brasil e ainda detonar os comentaristas da Rede Globo para embasar sua visão:

Sou o melhor que tem no país, com todo o respeito aos outros. Ninguém chega nos meus pés, porque eu enxergo o jogo, meu irmão. Eu me acho o melhor. Se eu não me achar o melhor, quem vai achar? E sou o melhor, mesmo.”

”É só ver nos ‘Os Donos da Bola’, quatro anos (no ar), ‘Baita Amigos’, nos meus blogs, nas minhas redes sociais. Sou o melhor, mesmo. Melhor que tudo esses caras da Globo aí. Botar Caio (Ribeiro) perto de mim, Casagrande, botar Juninho (Pernambucano), esses caras não chegam no meus pés pra enxergar de bola. Pra ver as coisas que eu vejo dentro de campo? Ah, meu irmão, cês têm que comer muito arroz com feijão pra cima de mim” completou Neto.



Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.