Opinião: 12 destaques da Série B que poderiam reforçar o seu time em 2017

Futebol
Divulgação - Site Oficial Brasil de Pelotas

A Série B do Campeonato Brasileiro está afunilando, e nesta reta final, alguns bons jogadores despontam e aparecem para os grandes clubes, que buscam se reforçar na próxima temporada.

Pensando nisso, o Torcedores.com separou 12 atletas que se destacaram nas 30 rodadas da competição, e que poderiam reforçar o seu clube na próxima temporada.

Felipe Garcia (Brasil de Pelotas)

Artilheiro da Série B com 13 gols, Felipe é o grande nome do Brasil de Pelotas, e no setor de meio campo, é o destaque principal da competição.

Bruno Pacheco (Bragantino)

Um dos poucos que se salvam na fraca equipe do Bragantino, Bruno Pacheco é um lateral esquerdo de 24 anos que apoia e defende com regularidade. Costuma atuar como meia em determinadas partidas.

Niltinho (Criciúma)

Atacante de ponta, Niltinho também atua como lateral, e vem rendendo na posição nos últimos jogos pelo Criciúma. O jovem de 23 anos pertence ao Volta Redonda.

Zé Rafael (Londrina)

Talvez o melhor jogador nesta reta final da Série B. Um meia de qualidade, mas assim como Felipe Garcia, sua qualidade é chegar ao ataque para concluir. Pertence ao Coritiba.

Jackson (Bahia)

Campeão pelo Palmeiras, pouco aproveitado no Inter e zagueiro acima da média na Série B, este é Jackson. Aos 26 anos é uma boa opção para clubes com problemas defensivos.

Felipe Oliveira - EC Bahia
Felipe Oliveira – EC Bahia

 

Hernane (Bahia)

Atacante de Série A jogando na divisão de acesso. Hernane poderia resolver diversos problemas de times como Corinthians e São Paulo.

Richardson (Ceará)

Volante com vigor, forte na marcação e com potencial. Richardson se destacou pelo Confiança e faz boa competição pelo Ceará.

Juliano (CRB)

Destaque do CRB, Juliano é o goleiro que mais realiza defesas na competição. Aos 27 anos é uma boa aposta para clubes da divisão principal.

Juninho (Bahia)

Um dos líderes em desarmes da Série B, este volante de 30 anos poderia se encaixar em meios de campo técnicos e que necessitem uma maior atenção na marcação.

Nenê (Vasco)

Principal nome da competição, o camisa 10 do Vasco é tido também como um dos principais jogadores do país.

Luan (Vasco)

Cobiçado, Luan já é uma realidade, mas apesar das sondagens segue firme como atleta do Vasco.

Vasco
Foto: Paulo Fernandes – vasco.com.br

 

Renan (Avaí)

Titular do Avaí, Renan é um dos goleiros que menos sofreu gols na competição e vem sendo fundamental na campanha dos catarinenses, que, momentaneamente, estão no grupo de acesso para a Série A.