Opinião: Fernandinho burocrático, Filipe Luis surpreendente e Giuliano regular

Crédito da foto: Divulgação/CBF

O Brasil venceu a Bolívia por 5 a 0, na noite da última quinta-feira (06), em Natal/RN, pela 9º rodada das Eliminatórias Sul Americanas para a Copa do Mundo da Rússia 2018. Antes da partida perguntava-se, o time comandado por Tite iria sentir falta de alguns jogadores que atuaram como titulares na equipe brasileira nos dois primeiros jogos, que são os casos de Casemiro, Marcelo e Paulinho. Os dois primeiros foram cortados devido a lesões, já o outro cumpriu suspensão automática.

LEIA MAIS:

Opinião: Gabriel Jesus não sentiu o peso da “amarelinha”

Pressão, posse de bola e velocidade: seleção mostra repertório em goleada sobre a Bolívia

Enquete: Quem deve ser o capitão da seleção contra a Venezuela

Pois bem, Casemiro foi substituído pelo contestado Fernandinho, Marcelo por Filipe Luis e Paulinho cedeu a vaga a Giuliano. Casemiro havia dado uma sustentação defensiva muito boa a seleção nos dois primeiros jogos, contra Equador e Colômbia, duas equipes fortes e que brigam com o Brasil por uma das quatro vagas diretas para a Copa do Mundo 2018. Além da boa marcação, o volante do Real Madrid tinha uma boa saída de bola e chegou algumas vezes ao ataque. Fernandinho entrou em campo para fazer as mesmas funções de Casemiro. Na minha opinião, mesmo com um adversário fraco como a Bolívia, o volante do Manchester City não conseguiu ter o mesmo rendimento do jogador do Real. Perdeu algumas bolas no meio de campo, perdeu divididas e algumas bolas pelo alto ele não conseguiu cortar. Acho que pela fragilidade do adversário, que não chutou nenhuma bola no gol, Fernandinho deveria ter participado mais efetivamente do ataque da seleção. Acho que Casemiro não fez falta por conta do adversário, mas se fosse uma equipe um pouco mais forte, a torcida brasileira teria sentido falta do jogador.

Diferente de Fernandinho, Filipe Luis substituiu muito bem o lateral esquerdo Marcelo. Filipe além de marcar o terceiro gol da partida, participou efetivamente do ataque da seleção e fez uma boa parceria com Neymar. Apesar de ter no seu ponte forte a marcação. Filipe pouco ficou atrás, jogou quase que o jogo todo indo ao ataque e pode ter colocado uma pulga na orelha do treinador Tite.

O outro desfalque foi o volante Paulinho. No seu lugar Tite optou por colocar Giuliano, que teve uma boa atuação. Se movimentou bem e ajudou também na defesa. Fez a jogada do segundo da seleção, marcado por Philipe Coutinho e por várias vezes chegou ao ataque com chance de finalização. Apesar da boa atuação, Giuliano deve voltar ao banco na partida contra a Venezuela.

Fernandinho e Filipe Luis terão mis uma oportunidade de mostrar o seu trabalho o técnico Tite. Os dois deverão ser titulares contra a Venezuela. Fernandinho precisa mostrar um futebol melhor se quiser lutar por um lugar na equipe titular de Tite, após a volta de Casemiro. Já Filipe Luis, apesar da boa atuação contra a Bolívia, deve melhorar ainda mais se quiser ganhar a vaga do titular Marcelo.



Sou jornalista, apaixonado por JESUS Cristo e pela minha família. Adoro futebol e amo o clube da estrela solitária.